08h – Chefe de Gabinete da Intervenção no RJ deixa cargo

0
Fonte Foto: Gabinete da Intervenção/Twitter

O general Mauro Sinott Lopes, chefe de Gabinete da Intervenção Federal no Rio de Janeiro, deixou o cargo. Sinott era o braço direito do interventor, general Walter Souza Braga Netto. Quem o substitui é o general Paulo Roberto de Oliveira, atual Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Leste. Sinott assumirá posto de comando do Exército no Rio Grande do Sul./G1.


ouça o programa

 


Ministro das Relaçoes Exteriores é suspeito de caixa 2

O delegado Leandro Alves Ribeiro, da Polícia Federal, ao Supremo Tribunal Federal (STF) para avaliar se deve ser enviado à primeira instância da Justiça inquérito aberto para investigar o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes. Nunes é investigado no inquérito por ter supostamente recebido R$ 500 mil da empreiteira Odebrecht por meio de caixa 2 para a campanha eleitoral ao Senado – trata-se de um desdobramento da Operação Lava Jato./G1.

STF decide hoje sobre condução coercitiva

STF adiou para hoje a decisão sobre a condução coercitiva. Quatro ministros votaram a favor e dois contra. Instrumento foi usado para colher depoimento do ex-presidente Lula em 2016. Para a decisão final, são necessários os votos de 6 dos 11 ministros do STF. /G1.

Bingo Solidário da Aapecan ocorre na quinta-feira, em Lajeado

A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) realiza nesta quinta-feira (14) mais um Bingo Solidário a partir das 14h. A atividade beneficente é voltada para a manutenção da Casa de Apoio. O bingo ocorrerá na Rua Emílio Abichequer, 123, no Bairro São Cristóvão, na própria Casa. . AI/CP

Parlamento argentino discute liberação do aborto

A Câmara de Deputados da Argentina segue sessão histórica com o debate em torno da legalização do aborto. Os parlamentares estão divididos e a votação será decidida pelos indecisos. O projeto declara legal e gratuito o aborto até a 14ª semana de gravidez. Acima desse limite, só se houver risco de vida para a mulher, má formação do feto incompatível com a vida ou em caso de estupro. São necessários 128 votos para aprovar ou vetar o projeto./G1.

Sobe número de cidades atingidas por temporal no RS

O número de municípios com danos causados pelo temporal já chega a 28, segundo a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, em boletim informativo do órgão, no fim da tarde de ontem (13), com 2.917 residências atingidas. Pela manhã, eram contabilizadas 26 cidades afetadas e 2.780 residências danificadas, pelo temporal do início desta semana./G1.

Prisma fiscal

O Ministério da Fazenda divulga hoje o chamado “prisma fiscal”, resultado de pesquisa com o mercado financeiro sobre a previsão de déficit nas contas públicas em 2018 e 2019. /G1.

Naufrágio deixa 13 mortos na Indonésia

Pelo menos 13 pessoas morreram e 12 estão desaparecidas após o naufrágio da embarcação onde viajavam perto da costa da ilha de Celebes, na Indonésia, na região central do arquipélago, de acordo com publicações feitas nesta quinta-feira (14) pela imprensa local. As equipes de busca e resgate que se encontram na região indicaram que outros 24 passageiros foram resgatados com vida e foram levados para hospitais próximos./G1.

Peça “Eita, casei!”, com Whindersson Nunes, terá sessão extra

O espetáculo “Eita, casei!”, com Whindersson Nunes, terá sessão extra, no dia 22 de junho, às 22h, no Teatro da Univates. Os ingressos variam entre R$ 40 e R$ 120 e podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Univates ou no site Minha Entrada, com a possibilidade de ingresso solidário. AI/CP

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui