18h – Assassinos eram ex-alunos de escola de Suzano, diz secretário

0
Foto: Reprodução

Os dois assassinos que mataram nesta quarta-feira (13) oito pessoas em Suzano (SP) eram ex-alunos da Escola Estadual Raul Brasil, alvo do ataque, disse o secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos. De acordo com ele, os cinco alunos assassinados tinham entre 15 e 17 anos de idade. Também foram mortos duas funcionárias do colégio e o proprietário de uma loja próximo ao local. Segundo o secretário, ainda não se sabe a motivação do crime. Foram feitas buscas na casa dos assassinos, e a polícia recolheu pertences dos dois. Os assassinos são Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Henrique de Castro, de 25 anos. Monteiro deixou a escola no ano passado após “problemas” – o secretário não foi claro se ele foi expulso ou se saiu por conta própria. Os dois aparentemente foram recebidos por Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica, afirmou o secretário de Segurança. Ela foi a primeira a ser atingida. Não se sabe se os assassinos chegaram à escola encapuzados ou se cobriram os rostos posteriormente. Fonte: G1


ouça o programa

 


Crianças morrem em desabamento de edifício onde funciona escola na Nigéria

Oito crianças morreram no desabamento de um edifício de três andares que abrigava uma escola de educação básica particular na cidade de Lagos, na Nigéria, na manhã desta quarta-feira (13). Muitas crianças seguem desaparecidas, segundo a BBC. A escola afirma que mais de 100 crianças estavam no imóvel, localizado na região de Ita-faji. O desabamento aconteceu por volta das 10h (no horário local), enquanto as crianças estavam em sala de aula. Fonte: G1

Acusado de atirar em Marielle descarta delação premiada, diz advogado

O advogado de Ronnie Lessa, Fernando Santana, afirmou nesta quarta-feira (13) que seu cliente não pensa em fazer uma delação premiada sobre o caso Marielle Franco. De acordo com a defesa, Ronnie negou que tenha atirado contra a vereadora e seu motorista Anderson Gomes. Ronnie é acusado pela polícia e pelo Ministério Público de ter sido o autor dos disparos que mataram Marielle e Anderson, além de ser o dono de 117 fuzis encontrados em um apartamento no Méier durante operação ontem (12). Fonte: G1

Julgamento do caso Bernardo chega no terceiro dia; pai é um dos interrogados

O julgamento do caso Bernardo Boldrini, no Fórum de Três Passos, chegou ao terceiro dia nesta quarta-feira (13). À tarde, o destaque é o depoimento do pai do menino e um dos réus no processo: Leandro Boldrini. Bernardo foi morto com superdosagem de medicação em 4 de abril de 2014, aos 11 anos de idade. O júri, até agora, teve depoimentos de delegadas responsáveis pelo caso e testemunhas ligadas ao menino e ao pai dele. Hoje, o perito indicado pela defesa de Leandro Boldrini contestou assinatura em receita do remédio que matou Bernardo. Três testemunhas foram ouvidas, e a defesa de Leandro desistiu de outras três. Fonte: G1 RS

Parlamento britânico rejeita saída da União Europeia em Brexit sem acordo

O Parlamento britânico rejeitou nesta quarta-feira (13) a possibilidade de o Reino Unido deixar a União Europeia em um Brexit sem acordo no dia 29 de março. Por 312 a 308 votos, foi aprovada uma emenda da parlamentar Caroline Spelman, que rejeita a possibilidade de um Brexit sem acordo “a qualquer momento e sob qualquer circunstância”. O resultado foi considerado uma derrota para a primeira-ministra Theresa May. O acordo foi aprovado pela União Europeia em novembro de 2018. Fonte: G1

TJ de Minas Gerais manda envolvidos em desastre da Vale voltarem para a prisão

A 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) decidiu nesta quarta-feira (13) que os 13 envolvidos no desastre da Vale em Brumadinho, que haviam sido presos e liberados, sejam presos novamente. No julgamento do mérito de 12 habeas corpus, um deles duplo, os desembargadores indeferiram os pedidos para revogação da prisão temporária. O primeiro grupo, com três funcionários da Vale e dois da TUV Sud – empresa que atestou a segurança da barragem – foi preso dia 29 de janeiro e liberado no dia 5 de fevereiro. O segundo grupo, de oito funcionários da Vale, foi preso em 15 de fevereiro e solto no dia 27 do mesmo mês. Todas as solturas ocorreram por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Fonte: G1

EUA suspendem voos do 737 MAX após encontrarem semelhança de acidentes na Etiópia e na Indonésia

Os Estados Unidos suspenderam todos os voos com o Boeing 737 MAX no país, informou nesta quarta-feira (13) a Autoridade Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês). A medida vale tanto para o modelo 8 quanto para o 9 – ambos produzidos pela fabricante norte-americana. A agência disse, em comunicado, que tomou a decisão após encontrar semelhanças entre o acidente ocorrido na Etiópia, no domingo (10), e a queda do voo da Lion Air, na Indonésia, no fim do ano passado. As duas aeronaves eram do modelo 737 MAX. Fonte: G1

Produção e apresentação: Camila Pires
Próxima edição: amanhã, às 8h


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui