18h – Julgamento do caso Bernardo entra na fase de debates entre acusação e defesa

0
Foto: MP/RS

O julgamento do caso Bernardo Boldrini, morto com superdosagem de medicação em abril de 2014, aos 11 anos de idade, entrou no quarto dia nesta quinta-feira (14) no Fórum de Três Passos. À tarde, teve início a fase de debates, em que os promotores falam por quatro horas e as defesas de cada um dos réus terá uma hora para se manifestar. Nesta quinta, os últimos três réus foram interrogados. A madrasta de Bernardo, Graciele Ugulini, disse que a morte dele foi “um acidente”. A ré Edelvânia Wirganovicz, amiga de Graciele, passou mal e precisou de atendimento. Ela e o irmão, Evandro Wirganovicz, negaram participação no crime. Os três acusados não responderam aos questionamentos do Ministério Público; apenas se manifestaram no momento das falas da juíza Sucilene Engler Werle e das suas respectivas defesas. Ontem (13), o pai do menino, Leandro Boldrini, negou ter envolvimento no crime. O júri também já teve depoimentos de delegadas responsáveis pelo caso e testemunhas ligadas ao menino e a Leandro. O julgamento seguirá nesta sexta-feira (15). Fonte: G1 RS


ouça o programa 

 


Corpos de vítimas do massacre em escola de Suzano começam a ser enterrados

Os corpos das vítimas do massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano (SP), começaram a ser enterrados na tarde desta quinta-feira (14) no Cemitério Municipal São Sebastião, na região central da cidade. Um cortejo, acompanhado por familiares e amigos das vítimas, levou cinco corpos para o cemitério: Samuel Melquiades Oliveira Silva; Kaio Lucas da Costa Limeira; Caio Oliveira; Eliana Regina de Oliveira Xavier; e Cleiton Antonio Ribeiro. Por último, sairia um cortejo de Marilena Ferreira Vieira Umezu para a Paróquia São Sebastião, onde haverá continuação do velório. No total, oito pessoas foram mortas no ataque, incluindo os dois assassinos. Fonte: G1

Parlamento do Reino Unido aprova pedido de adiamento do Brexit e rejeita novo referendo

O Parlamento britânico aprovou nesta quinta-feira (14) o pedido de adiamento do Brexit à União Europeia. Na mesma sessão, os parlamentares rejeitaram uma emenda para postergar a saída do Reino Unido do bloco. Com isso, a primeira-ministra Theresa May pedirá à liderança da União Europeia para que a saída definitiva ocorra em outra data – antes, a previsão era que o Brexit ocorresse em 29 de março. Fonte: G1

Toffoli abre inquérito para apurar “notícias fraudulentas” que ofendam ministros do STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, anunciou nesta quinta-feira (14) abertura de inquérito criminal para apurar “notícias fraudulentas”, ofensas e ameaças, que “atingem a honorabilidade e a segurança do Supremo Tribunal Federal, de seus membros e familiares”. O ministro anunciou a medida no início da sessão da Corte desta quinta. Dias Toffoli nomeou o ministro Alexandre de Moraes como instrutor do processo. A portaria não delimita um objeto específico ou grupo a ser investigado, apenas as possíveis infrações. Fonte: G1

Anac suspende voos com Boeing 737-8 Max

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou a suspensão dos voos com aviões Boeing 737-8 Max, no Brasil. A diretriz deve ser cumprida imediatamente, inclusive pelas empresas que já tinham anunciado a suspensão de suas operações, como a Gol Linhas Aéreas. A medida foi anunciada ontem (13), três dias após a queda de um avião da companhia aérea Ethiopian Airlines, no Quênia. As 157 pessoas que estavam a bordo do modelo 737-8 Max morreram no acidente. Fonte: Agência Brasil

Doria diz que indenizações podem chegar a R$ 100 mil por família

O governo paulista criou um comitê executivo para viabilizar o pagamento de indenização aos familiares das vítimas do atentado ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo. O governador do Estado, João Doria, disse que o valor da indenização será definido pela Procuradoria-Geral de São Paulo e deve ser de aproximadamente R$ 100 mil para cada familia. Segundo Doria, a indenização deve ser paga em até 30 dias. Fonte: Agência Brasil

Vigília em Lajeado vai lembrar, nesta quinta, um ano da morte de Marielle Franco

O coletivo feminista Nosotras vai lembrar nesta quinta-feira (14), em vigília a partir das 18h, em Lajeado, os assassinatos da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL), e do motorista dela, Anderson Gomes. Nesta data, há um ano, ambos eram mortos a tiros enquanto estavam dentro de um carro, no Centro do Rio de Janeiro. O coletivo, com atuação em Lajeado e na região, repete o gesto do ano passado e se encontra no mesmo lugar, o gramado de uma rótula da Avenida Avelino Talini, nas proximidades do Centro Cultural Univates. A comunidade é convidada a comparecer no ato pacífico e silencioso, levar velas e ficar em silêncio, como forma de homenagem às vítimas. CP

Produção e apresentação: Camila Pires
Próxima edição: amanhã, às 8h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui