18h – Moro diz que usará modelo da Lava Jato para combater crime organizado

0
Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS

O juiz federal Sergio Moro disse nesta terça-feira (6) que atuará no comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a partir de 2019, utilizando o modelo da Operação Lava Jato para combater o crime organizado e que vai trabalhar sem “perseguição política”. Moro afirmou ainda que recebeu a sondagem para participar do governo Bolsonaro em 23 de outubro, antes do segundo turno. As declarações foram concedidas em Curitiba na primeira entrevista coletiva concedida por Moro desde 2014, quando assumiu operação. Antes de os repórteres começarem as perguntas, o juiz fez um histórico da operação e disse ter aceitado o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para implantar no governo federal uma “forte agenda anticorrupção” e “contra o crime organizado”. Fonte: G1


ouça o programa

 


Brasileiros já pagaram R$ 2 trilhões em impostos em 2018, diz associação comercial

O valor pago pelos brasileiros em impostos neste ano superou R$ 2 trilhões nesta terça-feira (6), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A marca chega um mês antes do que foi registrado ano passado, o que indica aumento na arrecadação tributária. A estimativa da entidade para arrecadação total em 2018 é de R$ 2,388 trilhões. Fonte: G1

Fachin envia novo pedido de habeas corpus de Lula para 2ª Turma do STF

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu enviar para a Segunda Turma da Corte o mais recente pedido de liberdade feito pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, protocolado ontem (5). Em despacho publicado nesta terça-feira (6), Fachin deu cinco dias de prazo para que o Superior Tribunal de Justiça (STJ), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) e a 13ª Vara Federal de Curitiba prestem esclarecimentos sobre o caso. Em seguida, a Procuradoria-Geral da República (PGR) terá o mesmo tempo para se manifestar. Somente após todo esse trâmite o habeas corpus deve ser analisado pelos ministros que compõem a Segunda Turma. No pedido, a defesa de Lula volta a suscitar a suspeição do juiz Sergio Moro para julgar o caso. Fonte: Agência Brasil

Guedes propõe votação de parte da reforma da Previdência ainda em 2018

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu a votação, ainda neste ano pelo Congresso Nacional, de uma “parcela do texto atual” da reforma da Previdência já aprovada em comissão especial da Câmara dos Deputados. Guedes propôs também que a discussão de sua proposta sobre um novo sistema, ancorado na capitalização, comece no ano que vem. Ontem (5) o presidente eleito, Jair Bolsonaro, propôs que se aprove neste ano pelo menos a idade mínima para aposentadoria, que ele estimou em 61 anos para homens e 56 para mulheres. Fonte: Agência Brasil

Supermercados gaúchos projetam crescimento de 3,6% nas vendas de Natal e Ano-Novo

Levantamento do Instituto Segmento, encomendado pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), mostra que 92,3% dos consumidores gaúchos pretendem realizar compras em supermercados para as festas de fim de ano, o que impulsiona uma projeção otimista de crescimento de 3,6% nas vendas do setor, na comparação com 2017. Os caixas dos supermercados deverão absorver cerca de 20% (ou R$ 2,7 bilhões) do 13º salário dos gaúchos. Os números da pesquisa indicam também que os preços de produtos típicos estarão em média 0,9% superiores aos praticados nas festas do ano passado. O estudo mostra ainda que as famílias gaúchas vão gastar, em média, R$ 330,59 em alimentos para as festas. Fonte: Assessoria de Imprensa da Agas

Presidente do STF diz que Constituição é “plural” e contém direitos para “cidadania plena” de todos

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, disse nesta terça-feira (6) que a Constituição de 1988 é “plural” e contém “amplo rol de direitos civis, políticos e sociais” que garantem “ideal de cidadania plena” para cada brasileiro. O magistrado defendeu a Carta em discurso durante sessão solene no Congresso Nacional em homenagem aos 30 anos de sua promulgação. Toffoli defendeu diálogo, segurança jurídica e um pacto na sociedade para que o país consiga realizar as reformas da Previdência e Tributária e possa promover a segurança pública. Fonte: G1

Petrobras tem lucro de R$ 6,64 bilhões no terceiro trimestre de 2018

A Petrobras registrou lucro líquido de R$ 6,644 bilhões no terceiro trimestre de 2018, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (6). O resultado representa uma queda de 34% na comparação com o segundo trimestre. Já ante o mesmo período do ano passado, o lucro foi 25 vezes maior. No acumulado no ano, a estatal soma lucro líquido de R$ 23,6 bilhões, o melhor resultado para o período desde 2011. Fonte: G1

Produção e apresentação: Camila Pires
Próxima edição: amanhã, às 8h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui