18h – Preso há 5 meses, João de Deus continua internado em hospital por decisão do STJ

0
Foto: Rodrigo Gonçalves/G1

Preso há 5 meses, João de Deus continua internado em um hospital por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele está no Instituto de Neurologia de Goiânia, e, segundo relatórios médicos apresentados pela defesa, não tem condições de voltar ao presídio. O médium é réu em oito processos por abuso sexual e posse de arma, mas sempre negou os crimes. João de Deus foi preso no dia 16 de dezembro. Ele estava no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia até o dia 22 de março, quando foi transferido para o hospital a pedido da defesa e com autorização da Justiça. Essa já é a segunda vez que o prazo é prorrogado. Agora, ele pode continuar no hospital até dia 31 de maio. Fonte: G1


Ouça o programa 

 


Moro diz que não impôs ‘nenhuma condição’ ao aceitar ser ministro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que pretende indicar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro disse ainda que firmou compromisso com o ministro e que vai honrar o que foi acertado, caso Moro queira ocupar a vaga e se for aprovado em sabatina no Senado. A Corte tem 11 ministros. A indicação dos integrantes é de competência do presidente da República, mas o nome deve passar por sabatina no Senado. A próxima vaga no tribunal deve ser aberta em novembro do ano que vem, quando se aposentará, aos 75 anos, o decano da Corte, ministro Celso de Mello. Fonte: G1

Justiça autoriza transferência de Michel Temer

O ex-presidente Michel Temer (MDB), preso desde quinta-feira da semana passada (9) na sede da Polícia Federal, na Lapa, em São Paulo, foi transferido nesta segunda-feira (13) para o Comando de Policiamento de Choque , da Polícia Militar, localizado na Luz, região central da cidade. A PF alegou não ter condições de abrigá-lo. Por ser ex-presidente e advogado, a defesa alegou que Temer tem direito a uma sala de estado maior, o que não há no prédio da PF Lapa. A juíza Carolina Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal, no Rio de Janeiro, aceitou pedido da PF e determinou a transferência. Fonte: G1

CRPO-VT recebe três novas viaturas e armamento

O Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari (CRPO-VT) recebeu hoje três novas viaturas, armamento e outros equipamentos nesta segunda-feira, em solenidade realizada na Praça da Matriz, em frente ao CRPO-VT, em Lajeado. Foram entregues três viaturas: duas SW4 e uma L200 Trinton, além de fuzis, carabinas .12, equipamentos de imagens noturnas e miras holográficas. A ceromônia contou com a presença do comandante geral da Brigada Militar, Coronel Mário Ikeda e o comandante regional do Vale do Taquari, tenente coronel Luís Marcelo Gonçalves Maya. GH

Mais Médicos abre novo edital com 2 mil vagas

O Ministério da Saúde lançou nesta segunda-feira (13) um novo edital do Programa Mais Médicos. O objetivo é contratar 2.000 médicos que devem atuar em 790 municípios considerados carentes ou de difícil acesso, onde vivem cerca de 6 milhões de pessoas. Os profissionais com registro profissional brasileiro devem se inscrever entre os dias 27 e 29 de maio no site do programa. Caso haja vagas remanescentes, as oportunidades serão estendidas, em um segundo chamamento público, aos profissionais brasileiros formados em outros países e que já tenham habilitação para o exercício da medicina no exterior. Fonte: G1

Projeto que disciplina o transporte público na pauta da sessão da Câmara de Lajeado

O projeto de lei do poder executivo que visa disciplinar o sistema de transporte público coletivo de passageiros por ônibus de Lajeado está na pauta para ser votado na sessão desta terça-feira (14) da Câmara de Vereadores. A proposta tem por finalidade estabelecer novos parâmetros e disposições acerca do transporte coletivo na cidade para a realização futura licitação para a concessão do serviço mediante menor custo de passagem oferecido. O outro projeto que está na pauta, de autoria de Adi Cerutti (PSD), proíbe a distribuição e a venda de canudos flexíveis e copos plásticos descartáveis em restaurantes, bares, lanchonetes, quiosques e estabelecimentos similares, ou por ambulantes, no município de Lajeado. A sessão da Câmara de Lajeado começa às 17h no terceiro andar do Genes Work & Shop, na sede do poder legislativo. RS

Peru restringe acesso a Machu Picchu

O Peru irá restringir por duas semanas o acesso a três importantes áreas de Machu Picchu, para evitar uma deterioração maior da cidade inca. A restrição entra em vigor a partir da próxima quarta-feira (15/05). Segundo o governo peruano, o acesso a locais como os templos do Sol e do Condor serão estritamente controlado e os visitantes terão apenas três horas para visitar estes três lugares. As medidas são necessárias para conservar Machu Picchu, dada a evidência da deterioração nas superfícies das pedras causadas por visitantes afirmou o Ministério da Cultura peruano. Nos últimos anos, o sítio arqueológico foi invadido pelo turismo de massa. Fonte: Agência Brasil

Parque começa a receber principais estrelas da 42ª Expoleite e 15ª Fenasul

O Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, começou a receber hoje (13) as principais estrelas da 42ª Expoleite e 15ª Fenasul. Após a abertura dos portões para o ingresso dos animais, criadores começaram a ocupar o pavilhão do gado leiteiro com os bovinos da raça Holandês. A exposição, que ocorre entre os dias 15 e 19 de maio, deve contar com 110 animais da raça, além de cavalos Crioulo e Árabe. Entre os pecuaristas, o clima é de otimismo com a feira, mas de preocupação com o momento do setor leiteiro. Fonte: Correio do Povo

GP Brasil de Fórmula 1 causa “guerra” entre Rio de Janeiro e São Paulo

O grande prêmio Brasil de Fórmula 1 virou motivo para uma guerra entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo. A prefeitura carioca publicou aviso de licitação para a construção de um autódromo, no valor de R$ 700 milhões, com capacidade para 130 mil pessoas. De acordo com a prefeitura do Rio, os recursos para a construção do autódromo serão da iniciativa privada que terá 35 anos para explorar o local. O anúncio, inclusive, foi comemorado pelo presidente Jair Bolsonaro. Ele revelou que, sem o autódromo do Rio, o país poderia ficar sem o grande prêmio de Fórmula 1 porque o contrato firmado entre a organização do mundial e o estado de São Paulo, para o uso de Interlagos, chegará ao fim no próximo ano. Além disso, afirmou que há uma dívida dos paulistas com os organizadores do GP. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou que o presidente Bolsonaro está equivocado. O tucano garantiu que as dívidas entre Interlagos e os organizadores do GP Brasil foram renegociadas. Fonte: Agência do Rádio

Produção e apresentação: Luís Fernando Wagner.
Próxima edição: ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui