18h – União paga em abril R$ 401 milhões em dívidas atrasadas de estados

Desse total, a maior parte, R$ 202 milhões, é relativa a atrasos de pagamento do estado de Minas Gerais.

0
Foto: Agência Brasil

O Tesouro Nacional pagou, em abril, R$ 401 milhões em dívidas atrasadas de estados. Desse total, a maior parte, R$ 202 milhões, é relativa a atrasos de pagamento do estado de Minas Gerais. Também foram pagos R$ 198,6 milhões do estado do Rio de Janeiro. Os dados estão no Relatório de Garantias Honradas pela União em Operações de Crédito, divulgado nesta quarta-feira (15) pela Secretaria do Tesouro Nacional. As garantias são executadas pelo governo federal quando um estado ou município fique inadimplente em alguma operação de crédito. Nesse caso, o Tesouro cobre o calote, mas retém repasses da União para o ente devedor até quitar a diferença, cobrando multa e juros. Fonte: Agência Brasil


Ouça o programa 

 


 

Em dia de paralisações Bolsonaro chama manifestantes de imbecis

Todos os estados e o Distrito Federal registraram, nesta quarta-feira (15), manifestações contra o bloqueio de recursos para a educação anunciado pelo Ministério da Educação. Houve atos em ao menos 165 cidades. O dia também foi marcado pela declaração polêmica do presidente Jair Bolsonaro que manifestou-se hoje em Dallas, no Texas. Ele disse que não gostaria de contingenciar verbas, em especial da educação, mas que o bloqueio é necessário. Também chamou os manifestantes que protestam contra isso no Brasil de idiotas, imbecis e marcha de manobra. O presidente chegou na manhã de hoje a Dallas, onde participou de um evento em que foi homenageado e um encontro com o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush.  Fonte: G1

Ministro da Educação detalha bloqueio de verbas

O ministro da Educação, Abraham Weintraub está na Câmara dos Deputados na tarde de hoje para detalhar como será feito o bloqueio de verbas de universidades públicas e institutos federais. A convocação de Weintraub, que o obriga a comparecer à comissão geral, foi aprovada pelos parlamentares por 307 votos a 82. O ministro disse que prioridade é ensino básico, fundamental e técnico. De acordo com o Ministério da Educação, “o bloqueio preventivo realizado nos últimos dias atinge apenas 3,4% do orçamento total das universidades federais”. Fonte: Agência Brasil

Temer é solto e deixa prisão no Comando de Policiamento de Choque, em SP

O ex-presidente Michel Temer (MDB) deixou a sede do Comando de Policiamento de Choque, da Polícia Militar, em São Paulo, por volta de 13h30min de hoje. Ele estava preso desde segunda, mas ontem a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça concedeu provisoriamente seu habeas corpus. Os quatro ministros que votaram se manifestaram favoravelmente à libertação de Temer e do coronel João Baptista Lima Filho, ex-assessor e amigo do ex-presidente. Nesta quarta-feira, a juíza Caroline Vieira, Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, determinou a soltura imediata de Temer e do Coronel Lima. Pela decisão, eles têm 24 horas para entregar os passaportes à Justiça. Fonte: G1

Enem já tem 4, 5 milhões de pessoas

Desde o último dia 6 de abril, 4, 5 milhões de pessoas já se inscreveram para fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. As inscrições seguem abertas até a próxima sexta-feira (17) pela internet. O balanço do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) contabiliza os inscritos até as 10h desta quarta. No dia 17 também termina o prazo para solicitar atendimento especializado e específico e para alterar dados cadastrais, município de provas e opção de língua estrangeira. Fonte: Agência Brasil

Executivo entrega projeto de LDO à Assembleia

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020 foi encaminhado pelo governo do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (15) à Assembleia Legislativa com orçamento limitado a R$ 44,7 bilhões, sem prever aumento de gastos com recursos do Tesouro. Para chegar ao valor de R$ 44,7 bilhões, o governo considera despesas como as transferências constitucionais aos municípios e as de dupla contagem (intraorçamentárias, como no caso da Previdência). O déficit apontado é de R$ 4,3 bilhões. São previstos R$ 62,1 bilhões de receita e R$ 66,4 bilhões de despesas. Governador em exercício, enquanto Eduardo Leite cumpre agenda fora do país, o vice Ranolfo Vieira Júnior disse que a LDO traz o estado real das contas do RS e mantém os valores do orçamento do ano passado, sem qualquer reajuste. Fonte: G1

Programa suspeito de ter sido usado em ataque no WhatsApp foi criado por empresa polêmica

A brecha nas chamadas de áudio do WhatsApp, confirmada pela empresa trouxe à tona também o NSO Group, empresa pouco conhecida de cibersegurança israelense. O grupo é responsável pelo software espião Pegasus, capaz de coletar quase todas as informações de um celular — ligações, câmera, contatos e mensagens, entre outros. O programa teria sido usado por hackers na falha no WhatsApp. A NSO nega envolvimento no caso. Pesquisadores afirmam que o ataque tem “todas as características de uma empresa privada que supostamente trabalha com os governos” para entregar um spyware que assume as funções dos sistemas operacionais de telefonia móvel.  Fonte: G1

Estrela comemora 143 anos de emancipação político-administrativa

Dia 20 de maio é feriado em Estrela, data em que a cidade comemora 143 anos de emancipação político-administrativa. Em virtude disso, não haverá atendimento nas repartições municipais, e alterações em alguns serviços prestados pela prefeitura. Já o recolhimento de lixo domiciliar e de entulhos e lixo verde será feito normalmente, de acordo com o calendário de coleta. As Unidades Básicas de Saúde estarão fechadas na segunda. Casos de urgência e emergência serão atendidos pelo Pronto Socorro do Hospital Estrela. AI / GH

Comitiva de Arroio do Meio participa do Grito de Alerta em Santa Cruz do Sul

Agricultores de Arroio do Meio participaram, nesta quarta-feira (15), do Grito de Alerta, evento convocado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag) e que ocorreu em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. Vinte e duas pessoas integraram a comitiva do Vale do Taquari. Cerca de 12 mil produtores estiveram no ato, de acordo com estimativa do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Arroio do Meio. Os produtores manifestaram pela manutenção dos direitos previdenciários, recursos a juro baixo no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e investimento e custeios para moradia rural. NR

Produção e apresentação: Rita de Cássia.
Próxima edição: ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui