Ao menos quatro políticos gaúchos teriam recebido propina da JBS

0
Foto: Luis Macedo, Alexandra Martins e Zeca Ribeiro /Câmara dos Deputados

Pelo menos quatro políticos gaúchos são citados pela JBS por terem recebido vantagem indevida da empresa. Os deputados Alceu Moreira (PMDB), Onyx Lorenzoni (DEM), Jerônimo Goergen (PP) e o ex-deputado e ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira são citados por Joesley Batista e Ricardo Saud.

Moreira, Onyx e Goergen teriam recebido o dinheiro no Rio Grande do Sul, entregue pelo presidente da Associação Brasileira de Exportadores de Carne Bovina, Antônio Jorge Camardelli. Um total de R$ 700 mil teria sido repassados aos políticos.

Fonte: Zero Hora/Rádio Gaúcha

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui