Peeling de diamante: como ele funciona e suas indicações

Procedimento que cuida da pele do rosto é o “queridinho’’ de muitas mulheres.

0
Foto: Divulgação / Ponto Xik

O peeling de diamante é uma técnica que consiste na micro abrasão da pele para renovação celular. A grande vantagem do peeling de diamante é que ele é menos invasivo do que os outros peelings e por isso pode ser usado em mais tipos de pele, ele é indolor e seguro, e elimina completamente a necessidade de anestesia durante o procedimento.

Como funciona o peeling de diamante?

O profissional usa um aparelho que libera as partículas do produto, que promovem a remoção mecânica da camada superior da pele, composta predominantemente por pele morta. O procedimento estimula ainda a produção de colágeno, ácido hialurônico e elastina, substâncias primordiais para manter o aspecto da pele sempre bonito.

É realizado com uma espécie de ponteira de caneta e lixa diamantada, que atinge apenas a epiderme e aspirando impurezas da pele. Esta opção é mais indicada para peles mais sensíveis e mais novas, que não necessitam de uma esfoliação abrasiva

Esse procedimento estético é indicado nos casos de:

– Melanoses;
– Cicatrizes de acnes;
– Rugas finas
– Marcas de expressão;
– Poros dilatados;

Case da Aline:

Oi Gente!

Eu faço peeling a cada 15 dias, para tratar o milium. Um problema comum que é caracterizado pelo surgimento de pontinhos brancos na pele – mais frequentemente no rosto e ao redor dos olhos.

O millium é um pequeno cisto que acomete a pele como resultado do acúmulo de queratina e células mortas.

Estes pontinhos brancos ou levemente amarelados são frequentemente confundidos com cravos e acne, mas se diferenciam por não apresentar inflamação, manifestada pela ausência de vermelhidão, inchaço e dor.

Onde faço: http://pontoxik.com.br/site/  Contato: 051- 9.9915-9309 (whats)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui