Colapso de ponte deixa mortos e mais de 30 feridos na Índia

Ponte de pedestres desabou perto de horário de pico do lado de fora da principal estação de trens de Mumbai. Passarela estava sendo reformada e caiu por volta das 19h30, quando multidão se dirigia à estação Chhatrapati Shivaji.

0
Resgatistas e brigadistas removem escombros em local onde ponte desabou, do lado de fora do terminal Chhatrapati Shivaji Maharaj, em Mumbai, na Índia, na quinta-feira (14) — Foto: Emmanuel Yogini/AFP

Seis pessoas morreram e mais de trinta ficaram feridas quando uma ponte de pedestres desabou na quinta-feira (14) na hora do rush perto da estação principal de Mumbai, anunciaram autoridades locais, um acidente que mais uma vez destaca o mau estado da infraestrutura na capital instituição financeira.

A passarela, que estava sendo reformada de acordo com a mídia indiana, cedeu às 19h30 (horário local), um horário em que uma multidão de viajantes se dirigia para a estação Chhatrapati Shivaji.

De acordo com a agência de notícias indiana PTI, que cita o organismo local encarregado do gerenciamento de desastres, seis pessoas morreram e outras 31 tiveram que ser hospitalizadas após serem feridas.

A agência nacional de resposta a desastres informou que enviou uma equipe de resgate ao local, temendo que pessoas estivessem enterradas sob os escombros.

Em setembro de 2017, 23 pessoas morreram no desmoronamento de uma ponte na estação de Prabhadevi, no centro de Mumbai.

Os especialistas denunciam o envelhecimento das infraestruturas da rede ferroviária. Cerca de 7,5 milhões de passageiros pegam diariamente cerca de 2.500 trens da rede ferroviária de Bombaim, uma megalópole de 20 milhões de habitantes.

Cerca de dez pessoas morrem todos os dias na rede de trens da periferia, seja porque elas caem dos trens lotados ou atravessam os trilhos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui