Por si só, o GreNal é suficientemente “pesado” para atrair as atenções da torcida dos dois times e também dos amantes do futebol em geral. Contudo, o embate de número 418 dos gigantes gaúchos tem tudo para trazer elementos ainda mais interessantes ao confronto desse domingo (17) às 19 h na Arena.

Líder e vice-líder do Campeonato Gaúcho com 23 e 19 pontos, respectivamente, ambos vem de cinco vitórias consecutivas pensando apenas nos confrontos estaduais. Ratificando não só o domínio das duas equipes no cenário local como também a consolidação dos estilos de jogo definidos por Renato Portaluppi e Odair Hellmann.

A única ligeira diferença existente na atualidade entre os clubes é o início de trajetória na Libertadores. Enquanto o Colorado faturou os seis pontos que disputou ao vencer Palestino-CHI e Alianza Lima, o Tricolor vive situação que requer maiores cuidados em seu grupo ao empatar com o Rosario Central-ARG e perder para o Libertad-PAR em Porto Alegre.

Em “compensação” a esse momento de dificuldade Tricolor no torneio continental, existe a clara e provável possibilidade do Inter entrar em campo poupando, ao menos, seis titulares.

Jornal do Comércio

Isso porque o presidente do clube, Marcelo Medeiros, disse que a equipe tomaria essa medida não apenas por preservação física, mas sim em protesto ao aumento da pena de Nico López na última quinta-feira (14) de dois para quatro jogos de suspensão. O uruguaio foi julgado em decorrência da confusão no JuveNal do último dia 10 de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui