Desfecho sobre desaparecimento do gerente do Sicredi de Anta Gorda pode estar próximo, garante delegado

Inquérito policial já soma cerca de 150 páginas. “Esse caso não ficará sem resposta”, garante Guilherme Pacífico.

2
Delegado Guilherme Pacífico (Foto: Natalia Nissen / Informativo do Vale / Arquivo)

O inquérito da Polícia Civil que apura o desaparecimento do gerente da agência do Sicredi de Anta Gorda, Jacir Potrich (55), já soma cerca de 150 páginas. Mas, de acordo com o delegado Guilherme Pacífico, a pergunta sobre o que aconteceu com a vítima será respondida. “Esse caso não ficará sem resposta. Estamos trabalhando em conjunto com Polícias Civil, Militar, Instituto Geral de Perícias, entre outros. Afinal, trata-se de um desaparecimento. Estamos próximos de desvendar este caso”, revela.


ouça a reportagem


 

Ele disse que as diligências e atividades periciais devem fornecer um conteúdo probatório. “Estamos de posse de laudos periciais e de informações que, inclusive, ultrapassam as fronteiras do Rio Grande do Sul. Estamos formando nosso conteúdo probatório”, esclarece.

Em dezembro do ano passado, o delegado já havia salientado que as pistas poderiam estar no passado do gerente. O sumiço completa dois meses no próximo domingo (13).

Relembre o caso

Jacir Potrich está desaparecido desde a noite do dia 13 de novembro, quando voltou para casa após uma pescaria. Ele agiu normalmente, limpando os peixes na parte dos fundos da casa, mas desapareceu antes mesmo de terminar o serviço.

As câmeras de segurança do condomínio onde reside registraram a chegada de Potrich, porém, não captaram a saída. Desde então, o gerente do Sicredi de Anta Gorda não foi mais visto. AD/Correio do Povo

 

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui