E que venha 2019!

Que a vida de todos possa ser melhor, com saúde, serenidade, muita paciência e dignidade para que as conquistas se concretizem.

0

Não sou daqueles que fica pensando muito no ano que começa e nem sou de fazer planos. Prefiro imaginar que o ano novo será melhor do que termina. Gosto de desejar as coisas boas da vida para todos que me rodeiam e isto inclui meus leitores. Que a vida de todos possa ser melhor, com saúde, serenidade, muita paciência e dignidade para que as conquistas se concretizem. Obrigado pela confiança em 2018 e que possamos estar juntos no 19.

 


Reinventar
Questionei um amigo sobre o que desejava para 2019 e me respondeu que ele gostaria de se “reinventar”. Este será sempre nosso desafio: fazer diferente para fazer melhor. E reinventar-se não é difícil, basta ter vontade e tomar iniciativa. Então, tenha em mente no próximo ano que você pode sempre se reinventar na vida pessoal, nos relacionamentos, na vida profissional. Vai valer a pena.


Decepcionado
Me decepciono em saber que o futuro governo federal preservará o cartão de crédito corporativo, a mais moderna forma de desperdiçar dinheiro público. Tomara que Bolsonaro reveja isto em breve.


Por onde andas?
O terrorista italiano Cesare Battisti já circulou pela região. Em Progresso, participou de um encontro da Família Battisti e foi homenageado. Desde que foi decretada sua prisão e extradição, o criminoso condenado duas vezes à prisão perpétua em seu país é considerado um foragido. Suspeita-se que ele anda escondido por São Paulo.


Fiel da balança
Lorival Silveira (PP) é o fiel da balança na eleição da Câmara de Vereadores de Lajeado. Foi assim no primeiro ano da legislatura e repetiu-se agora. Nas duas ocasiões, Valdir Gisch (PP) foi o derrotado. Silveira alega que cumpre um acordo. Ele deixou a Sthas, exonerado pelo prefeito Marcelo Caumo, para votar na nova mesa diretora. Agora dependerá do prefeito se ele retornará à secretaria o que pode se confirmar já na semana que vem. Se isto ocorrer, Mozart Lopes volta para a Câmara.


Articulador
O responsável pelas articulações da nova mesa diretora da Câmara de Vereadores de Lajeado foi o MDB. Mesmo fora da diretoria, nos bastidores, controla a casa e mantém um acordo feito no início da atual legislatura.


Sem punição
O PP não vai punir Lorival Silveira por votar contra a chapa do partido no Legislativo. As “estrelas” do partido são preservadas. Lorival é bom de voto e o partido não quer perdê-lo.


Convidado
Em café com amigos esta semana o deputado Enio Bacci confirmou que foi convidado para assumir um cargo no governo de Eduardo Leite, mas não disse em que área. Suspeita-se que poderá ir para o Detran. Vai terminar seu mandato antes e depois tomará a decisão. O futuro de Bacci deverá ser o PTB, partido do vice-governador e futuro secretário da Segurança Pública.


Lembram?
Os leitores atentos vão lembrar o que escrevi logo após a eleição de Leite para o Governo gaúcho. De que ninguém do Vale do Taquari seria convidado para assumir um cargo no primeiro escalão. Confirmou-se a projeção.


Confiança
Sempre que muda um governo, fica a expectativa do que teremos pela frente, o que será mantido e o que virá de novo. Torço para que Jair Bolsonaro faça um bom trabalho na esfera federal e que Eduardo Leite consiga fazer deslanchar o governo gaúcho. Se os dois se saírem bem, ganhamos todos.


Nem todos
Deputado federal eleito pelo PTB, Maurício Dziedrick, ocupará um apartamento funcional da Câmara dos Deputados para morar em Brasília. Ele não deverá nomear todos os 25 assessores que tem direito.


Representante
Douglas Sandri, que foi secretário do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura de Lajeado e candidato a deputado estadual pelo NOVO peregrina por Brasília ao lado do deputado federal eleito Marcel Van Hattem. Na sede do governo de transição de Jair Bolsonaro, Sandri e Marcel tiveram agendas com diversas autoridades que tomarão posse a partir da próxima semana no governo federal. Uma das pautas foi com o futuro ministro da Infraestrutura, o engenheiro Tarcísio Gomes de Freitas. Também conversaram com o futuro ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e com o futuro ministro de Relações Exteriores, o embaixador Ernesto Araújo. Se for trabalhar no gabinete de Marcel, Douglas será um representante natural das demandas do Vale na capital federal.


Pensando bem…
Porque tantas brigas e acusações durante uma campanha eleitoral se após a eleição estão todos abraçados e juntos no mesmo barco?

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui