Em jogo eletrizante, Inter empata com o River Plate em Buenos Aires

Com dois gols de Rafael Sobis, Colorado empatou em 2 a 2 com a equipe argentina no Monumental de Núnez.

0
Sobis comemora com os companheiros depois de marcar, de pênalti, o segundo gol em Buenos Aires. (Foto: Ricardo Duarte)

Faltou pouco para o Colorado bater o atual campeão da América em Buenos Aires. Em um duelo eletrizante entre dois gigantes do futebol sul-americano, Internacional e River Plate empataram em 2 a 2 na noite desta terça-feira, no Monumental de Núnez, pela última rodada do Grupo 1 da Libertadores.

Os donos da casa saíram na frente, mas Rafael Sobis empatou no finalzinho do primeiro tempo. Na etapa final, dominada pelo Colorado, Sobis voltou a marcar, em cobrança de pênalti, e virou o placar em Buenos Aires. Porém, aos 47min, Pratto igualou o placar, repetindo escore da partida de ida, em Porto Alegre.

O Inter encerra a fase classificatória de forma invicta e na liderança do Grupo 1, com 14 pontos, quatro à frente do segundo colocado, o próprio River. O adversário nas oitavas de final da maior competição do continente será definido em sorteio na sede da Conmebol, em Assunção-PAR, na próxima segunda-feira (13/5). O Colorado terá a vantagem de jogar a segunda partida no Beira-Rio. O jogo de ida será disputado somente após a Copa América, em julho.

O Colorado volta a campo neste domingo (12), às 16h, quando enfrenta o Cruzeiro, no Gigante, pela quarta rodada do Brasileirão.


ouça os gols na narração de rudimar piccinini


Ficha técnica:

River Plate (2): Armani; Mayada, Rojas, Lollo e Angileri; Zuculini (Enzo Pérez), Palacios (Carrascal), Ferreira (Fernández) e De la Cruz; Álvarez e Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo.

Internacional (2): Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso e Nonato (Patrick); Nico López (D’Alessandro); Rafael Sobis (William Pottker) e Guilherme Parede. Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Álvarez (R), aos 34min do primeiro tempo, Rafael Sobis (I), aos 44min do primeiro tempo e aos 12min do segundo tempo (de pênalti), Pratto (R), aos 47min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Rafael Sobis, Víctor Cuesta e Rodrigo Moledo (I); Lollo, Pratto (R).

Arbitragem: Piero Maza, auxiliado por Alejandro Molina e Edson Cisternas (trio chileno).

Local: Monumental de Núnez, em Buenos Aires.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui