Fundo de População da ONU defende educação sexual para evitar gravidez na adolescência

A cada três mulheres casadas com idades entre 20 e 24 anos, uma se casou antes de completar a maioridade.

0
Foto: Agência Brasil/Marcello Casal Jr

No Brasil, um em cada cinco bebês nasce de uma mãe com idade entre dez e 19 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A cada três mulheres casadas com idades entre 20 e 24 anos, uma se casou antes de completar a maioridade.

Para discutir esses e outros desafios brasileiros em saúde sexual e reprodutiva, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) participou na sexta-feira (7), em São Paulo, de um simpósio sobre planejamento familiar.

Realizado pelo Hospital e Maternidade Vila Nova Cachoeirinha (HMEC), o simpósio reuniu cerca de 70 profissionais de saúde, entre gestores e residentes, para discutir programas de planejamento reprodutivo e de promoção da autonomia. O objetivo do encontro era capacitar esses trabalhadores que lidam com adolescentes, além de garantir serviços de saúde capazes de dar aos jovens mais oportunidades para realizar seus projetos de vida.

No Brasil, a educação e a renda impactam diretamente nas taxas de fecundidade. As condições socioeconômicas também refletem no acesso a informações e a serviços de saúde sexual e planejamento da vida reprodutiva.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui