Onda de chantagem é grande. Quando o assunto envolve políticos ou personalidades, a proporção é maior

Leia as informações exclusivas e opiniões da coluna neste sábado.

0

MC Feliz

Agora vem. Investidores tiveram a garantia e liberação da franquia do McDonald’s para Lajeado. Serão duas unidades, uma de sorvetes na Júlio de Castilhos e a de lanches (com drive-thru) na antiga área da Souza Cruz, perto do Desco. As obras começam em breve, e as unidades devem operar ainda em 2019.

Cuidado com o golpe

A Polícia Civil investiga a aplicação do golpe do bilhete premiado em uma senhora na cidade de Lajeado nos últimos dias. Ela perdeu R$ 80 mil em espécie e mais R$ 30 mil em joias. É a ganância fazendo novas vítimas. A velha história “desconfie se a esmola for demais” é cada vez mais atual.

Intimidades

Qualquer foto ou postagem comprometedora poderá ser usada contra você a qualquer momento. Cuidado ao expor intimidades, mesmo que seja com a pessoa com quem você se relaciona. A onda de chantagem é grande. É uma das maneiras de “tirar” grana facilmente. Quando o assunto envolve políticos ou personalidades, a proporção é maior. Cuidado.

Adesão

Organizadores divulgam que, em 48 horas, em dois abaixo-assinados contra a entrega do terreno da Polar em Estrela, atingiu 3.000 assinaturas. Isto representa 10% da população. “Como se no Brasil fossem 22 milhões de assinantes”, argumenta um dos líderes desta luta.

Nova titular

Paverama tem nova secretária de Administração e Planejamento. É a professora Ingrid Marise Strauss. Ezequiel Ricardo Althaus, que até então respondia por esta pasta, passa a responder pela Secretaria Municipal da Indústria e Comércio.

Boa relação

Prefeito de Teutônia, Jonatan Bronstrup (PSDB) recebeu esta semana o ex-prefeito Silvério Luersen (PDT) para uma visita de cortesia. Na pauta, Teutônia e os projetos futuros e muita troca de gentilezas.

Maconha

Leitor Ricardo Ewald relata que passou as festas de final de ano no Guarujá, litoral de São Paulo, e ficou impressionado com a quantidade de pessoas fumando maconha, abertamente, na beira da praia e pelas ruas da cidade. “Fazem isto de uma forma tão natural”, disse ele. Alega que não é somente na praia, mas que na capital paulista a prática é comum também. Para ele, o novo governo terá que acelerar “a liberação da maconha”.

Nos trilhos

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) do Estado, Dirceu Franciscon, recebeu esta semana o presidente da Amturvales, Rafael Fontoura, e o secretário de Saúde de Estrela, Elmar Schneider. Fabiano Diehl, da diretoria da entidade, prestigiou o encontro. Na pauta, a implementação de projetos de turismo para a região do Vale do Taquari, incluindo o Trem Turístico e o Caminho do Pão e do Vinho, além da viabilização e pavimentação da pista do aeródromo regional, como forma de fomentar a economia local do setor. Outro tema importante para a região, o Porto de Estrela, também foi tratado. O secretário afirmou que pretende fazer uma visita ao Vale do Taquari no próximo mês com o objetivo de discutir os projetos de turismo para a região.

União

Vereador Carlos Eduardo Ranzi (MDB) casará no civil no dia 25 deste mês com a professora Carla Mafalda, diretora da Escola Irmã Branca. Os dois vivem juntos há algum tempo e agora oficializarão o matrimônio.

Não gostou

Vereador Ildo Salvi (Rede) não gostou das colocações que fizemos na Coluna passada sobre a possibilidade de deixar a atual sigla e ingressar no PP. Disse que ficará na Rede até a “janela” e somente migrará de partido se o seu deixar de existir. Com as novas regras eleitorais, partidos inexpressivos sucumbirão e não receberão mais ajuda do Fundo Partidário, e as coligações proporcionais não serão mais permitidas a partir de 2020. Para se manter ativo e tentar uma reeleição, Salvi terá que ir para outro partido. Ele já recebeu sondagens de mais siglas e não tem posição firmada.

Esclarecimento

Sobre nota da Coluna da semana passada quanto a eleição da nova mesa diretora da Mesa, os vereadores Ildo Salvi (Rede) e Paulo Tori (PPL), alegam que não “romperam o acordo firmado” e, sim, foram surpreendidos pela decisão do MDB em escolher Neca Dalmoro para o cargo. Dizem que no acordo a definição do novo presidente para 2019 ficaria entre os três (Salvi, Tori e Neca) e, como foram comunicados de que o MDB apoiaria Neca, Salvi e Tori migraram para a outra chapa.

De saída?

Está cada vez mais madura a saída de liderança do PT. Os vereadores Sérgio Kniphoff e Sérgio Rambo são os que tomam a frente da possível debandada. Sabem que, para se manterem ativos na política da cidade, precisam ter um “fato novo”. O eleitor já deu recados nas urnas sobre o descrédito do PT. O destino dos petistas poderá ser o PDT. Mas não se descarta outras siglas com linha esquerdista.

Zucco

Deputado Luciano Zucco assumirá a presidência do PSL estadual. Nos próximos dias, desembarca na região para formar diretórios locais. A meta é fazer com que o partido do presidente Bolsonaro cresça pelo interior.

Prestigiando

Uma comitiva lajeadense esteve no ato de assinatura do contrato de concessão da Rodovia de Integração Sul, realizado no Palácio Piratini, nesta sexta-feira. A foto mostra: André Bucker (Sedetag); Isidoro Fornari (Projetos Especiais); ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas; prefeito Marcelo Caumo; Douglas Sandri e Fernando Rohsig.

“Presidenta”

Prefeito de Taquari é adepto as redes sociais e por elas se comunica com a comunidade. Nas lives feitas de dentro de seu gabinete, é possível perceber uma fotografia oficial da então presidente Dilma Rousseff, que deixou o cargo em meio ao mandato. Maneco é petista ferrenho e, certamente, manterá esta foto em seu gabinete até o final de seu governo.

Cuidado com idosos

O suplente de vereador, Deolí Gräff (MDB) ficou satisfeito com o edital de Chamamento Público para a compra de até 20 vagas em lares geriátricos por parte da Prefeitura de Lajeado. Em passagem pela Câmara em 2017, apresentou proposta para o município dar mais atenção aos idosos e sugeriu a criação de um Lar Público Municipal para Idosos.

Os lares geriátricos interessados em oferecer seus serviços deverão apresentar, na prefeitura, em envelope contendo os documentos.

O valor da mensalidade para cada idoso acolhido será conforme o grau de dependência, e varia de R$ 2 mil a R$ 2,2 mil. Mais informações pelo 3982-1045.

“Estou muito feliz com a iniciativa”, observou Gräff.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui