Ouça: Tcheco e Valdir Espinoza prestam homenagens a “Seu Verardi”, ídolo dos bastidores do Grêmio

Funcionário mais antigo do Grêmio, Antônio Carlos Verardi faleceu nesta quarta-feira.

0
Foto: José Doval / CP Memória

Morreu nesta quarta-feira, aos 84 anos, o superintendente do Grêmio e funcionário mais antigo do clube, Antônio Carlos Verardi. As causas do óbito não foram confirmadas pela família, mas ele lutava contra um câncer.

O “ídolo dos bastidores” chegou ao Tricolor em 1965, onde trabalhou por 54 anos e participou de todas as conquistas do time, para ajudar a reorganizar a comissão de obras do estádio Olímpico.


ouça as homenagens de tcheco e espinosa, respectivamente


A Federação Gaúcha de Futebol informou que em homenagem, “um dos mais importantes dirigentes da história do futebol gaúcho”, “a Copa do segundo semestre será nomeada como Copa Antônio Carlos Verardi”. Em 2018, lançou o livro “Seu Verardi e o Grêmio: Uma história de amor”, no qual conta passagens de sua vida pelo Grêmio. No mesmo ano, recebeu das mãos do vice-presidente de futebol Duda Kroeff, juntamente com o presidente Romildo Bolzan Jr, uma placa de homenagem por todo o trabalho desempenhado ao longo de várias décadas.

Querido por todos com quem se relacionou ao longo de seu trabalho no futebol brasileiro, viveu momentos importantes ao lado de Valdir Espinosa, técnico campeão mundial e Tcheco, ídolo do meio-campo do Grêmio.

O ex-dirigente gremista Odorico Roman lembrou que “na dedicatória do seu livro, escreveu palavras que dizem o que ele mesmo era, numa dimensão maior: amigo, grande dirigente, grande gremista, grande campeão”. “Seu Verardi é um gigante na história do Grêmio. Um abraço afetuoso aos familiares”. compartilhou no Twitter. Já o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr., usou as redes sociais para comentar a morte. “Nos deixa hoje o Antônio Carlos Verardi, o funcionário mais antigo do Grêmio Uma de suas grandes frases foi: ‘Eu só sou o que sou porque pertenço ao Grêmio’. Nossos sentimentos aos amigos e familiares”, escreveu em sua conta no Facebook.

Fonte: Correio do Povo/WS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui