Ouça os gols e pênaltis

Foi uma noite épica na casa do Corinthians! O Internacional foi guerreiro diante do time paulista no jogo de volta da 4ª Fase da Copa do Brasil, disputado na noite desta quarta-feira, em Itaquera-SP, e conquistou a classificação às oitavas de final do torneio. O Colorado largou atrás no placar no primeiro tempo, mas buscou o empate nos 45 minutos finais, com um gol contra de Fágner. Com a repetição do 1 a 1 da partida de ida, no Beira-Rio, a decisão da classificação foi para os pênaltis. E a estrela do goleiro Marcelo Lomba brilhou, ao defender duas cobranças das seis cobranças que foram efetuadas, garantindo a vitória por 4 a 3! Assim como em 1992, quando foi campeão, o Clube do Povo repetiu a eliminação do Corinthians.

O adversário nas oitavas de final será decidido em sorteio, ao meio-dia desta quinta-feira, na sede da CBF. no domingo (23/4), o jogo é decisivo contra o Caxias, no Centenário, pela semifinal do Gauchão.

Time com muitos desfalques

O Colorado viajou para São Paulo com importantes desfalques. D’Alessandro e Edenilson, lesionados, e Carlinhos, suspenso, não puderam atuar no jogo decisivo. Com isso, Antonio Carlos Zago escalou Uendel na lateral esquerda, bem como Anselmo e Felipe Gutiérrez no meio-campo. O Inter iniciou com: Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Anselmo, Felipe Gutiérrez e Roberson; Nico López e Brenner.

Inter sofre gol cedo, mas mantém espírito de luta

O duelo começou em alta velocidade, com muita disposição por parte de ambos os times. O Inter atuava com as linhas adiantadas, tentando complicar a saída de bola do Cortinthians. Porém, aos 7min, em lance de bola parada, os donos da casa abriram o placar. Fagner cobrou arremesso lateral para o interior da área e Jô escorou para Maycon concluir. Aos 9min, Jô chutou da meia-lua, para fora, mas com muito perigo. Ato contínuo, a partida foi paralisada por conta de sinalizadores ligados nas arquibancadas pelos torcedores corinthianos. Aos 15min, Roberson sentiu uma lesão muscular e foi substituído por Valdívia.

O gol sofrido de forma prematura tornou mais díficil a missão em São Paulo, mas Inter não se abalou: procurou manter-se no campo de ataque e esteve perto de empatar em duas jogadas aéreas na etapa inicial. Aos 18min, Nico López cobrou escanteio e Brenner cabeceou por cima. Um minuto depois, o atacante ganhou novamente da defesa pelo alto e desviou de cabeça para colocar a bola muito próxima à trave direita. Aos 37min, o adversário voltou a ameaçar, também por cima, em cabeceio de Romero que saiu pela linha de fundo. Aos 47min, Marcelo Lomba fez boa defesa após chute rasteiro de Marcelo Lomba.

Na raça, Inter busca empate

O segundo tempo começou com o Inter rondando a área do Corinthians, mas sem conseguir a finalização. Aos 11min, os paulistanos quase ampliaram em cabeceio de Rodriguinho que tirou tinta do poste direito. Pouco depois, Zago promoveu a entrada de Carlos no lugar de Felipe Gutiérrez. Aos 22min, Uendel cruzou da direita e por pouco que Carlos não conseguiu o desvio para o gol – a zaga fez o corte providencial para escanteio. Após a cobrança, William cabeceou e Cássio segurou firme. Aos 25min, Anselmo soltou a bomba e o goleiro fez nova defesa.

Aos 26min, a pressão colorada virou gol! William cruzou, Carlos cabeceou para a defesa parcial de Cássio e, no rebote, Nico López chutou cruzado. Na tentativa de fazer o corte, Fágner acabou marcando gol contra. Aos 32min, Nico López venceu a marcação e chutou, da entrada da área, para a defesa de Cássio.

Nos minutos finais, o Corinthians foi com tudo ao ataque em busca do segundo gol. Aos 38min, Pablo desviou de cabeça uma cobrança de escanteio e a bola passou rente à trave. Aos 42min, Clayton teve grande oportunidade de marcar de dentro da área, mas acabou chutando para fora, para sorte do Clube do Povo. Aos 44min, Jô ficou cara a cara com Lomba e concluiu para a defesa salvadora do goleiro colorado. Aos 46min, foi a vez do Inter voltar à carga, em chute de Carlos que Cássio evitou que entrasse. Um minuto depois, Valdívia pegou sobra e soltou uma bomba que o goleiro corinthiano espalmou para o lado. Foi o último lance de perigo no tempo normal.

Decisão dramática nos pênaltis

Como o jogo de ida também havia acabado empatado em 1 a 1, a decisão da vaga foi para as cobranças de pênaltis. Coube a Brenner o primeiro tiro, que foi convertido com qualidade. Jadson igualou para o Corinthians. William chutou para fora a segunda cobrança. Em seguida, brilhou a estrela de Lomba, ao defender o chute de Maycon. Valdívia fez 2 a 1 para o Inter. Jô também converteu, igualando novamente. Víctor Cuesta fez a sua parte. 3 a 2. Marquinhos Gabriel chutou a quarta cobrança e Lomba defendeu com os pés!!! Léo Ortiz bateu o quinto chute e Cássio também defendeu. Fágner bateu o quinto tiro e converteu. 3 a 3. Nas cobranças alternadas, Diego, que havia entrado no lugar de Nico López no tempo normal, fez a 4 a 3 para o Inter. Guilherme Arana chutou chutou para fora!!!! A classificação era do Inter!!!!!! A festa foi colorada na casa do Corinthians!

Ficha técnica:

Corinthians (1)(3): Cássio, Fágner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel (Marquinhos Gabriel), Maycon, Jadson e Rodriguinho; Romero (Clayton) e Jô. Técnico: Fábio Carille.

Internacional (1)(4): Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Anselmo, Felipe Gutiérrez (Carlos) e Roberson (Valdívia); Nico López (Diego) e Brenner. Técnico: Antonio Carlos Zago.

Gols: Maycon (C), aos 7min do primeiro tempo, Fágner (contra, I), aos 26min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Felipe Gutiérrez (I); Gabriel (C).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Eduardo de Souza Couto e Michael Correia (trio do RJ).

Local: Arena Corinthians, em Itaquera-SP.

Fonte: Internacional.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui