Polícia faz operação para sequestrar bens da milícia no Rio de Janeiro

0
Foto: Reprodução/TV Globo

Um suspeito foi preso na operação que a Polícia Civil realiza na manhã desta quinta-feira (14), no Rio de Janeiro, para tentar prender 20 suspeitos de ligação com a milícia e para sequestrar bens da organização criminosa, no valor total de R$ 4,8 milhões.

Foi preso na Zona Oeste Márcio Gomes da Silva, conhecido como Pará. Até as 9h15, não havia balanço sobre apreensões ou outras prisões. A investida, do Departamento de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro, cumpre também 18 mandados de busca na capital e na Baixada Fluminense.

Um dos procurados na Operação Volante é Luiz Antônio da Silva Braga, o Zinho, irmão do miliciano Wellington da Silva Braga, o Ecko, suspeito de comandar a maior milícia da cidade, a antiga Liga da Justiça. Ele não foi encontrado nesta quinta-feira e está foragido.

Os suspeitos respondem coletivamente por organização criminosa, além de outros crimes específicos para cada um – como extorsão, porte ilegal de arma, tráfico de drogas e agiotagem.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui