Região contará com novo “drive-Thru” em breve

Veja a coluna deste sábado (18).

0

Solução

A Prefeitura de Teutônia fará o custeio integral de 950 vagas nas escolas de Educação Infantil comunitárias. Com o modelo, os pais não precisarão mais pagar mensalidade. A medida beneficiará, inicialmente, os 900 alunos atualmente matriculados nas 12 instituições comunitárias, além de já criar mais 50 vagas nestas escolas. O valor mensal inicial do custeio é de R$ 543,40 por aluno, que será pago pela Prefeitura às escolas comunitárias. O investimento da Prefeitura será superior a meio milhão por mês. A medida repercute positivamente no município e já serve de exemplo para outros municípios do Estado.

Novidades

O Carmelito de Estrela apresentou esta semana um novo empreendimento que será inaugurado ainda neste ano. Com drive thru, tele e espaço para quem quer fazer seu lanche/refeição no local. O projeto é do arquiteto Eduardo Tramontini e a execução de Marcelo Ceppo, especialista em obras de containers. O local mudará para a Avenida Rio Branco, 863, perto do Posto da Dani. O tradicional Carmelito, há mais de 45 anos no mercado, tem unidades em Lajeado, Estrela e Teutônia. A Coluna mostra o prospecto do projeto. Confira as novidades da empresa pela página no Facebook.

Uma por semana

A suplente de vereadora Juliana Gasparotto (PP) quer sessões semanais do Poder Legislativo em Arroio do Meio. Argumenta que, com isto, fique mais fácil analisar e debater assuntos relevantes para a comunidade.

As mulheres

Dos nomes homologados como candidatos a deputados e radicados no Vale do Taquari, dois foram definidos de última hora. Mareli Vogel, ex-vereadora de Teutônia e que concorreu a federal há quatro anos, busca vaga agora na Assembleia. Ela é do PP.

E Raquel Klein Diehl é candidata a deputada estadual pelo Democratas. Raquel é natural de Roca Sales, trabalha no Município de Colinas e reside no interior de Estrela.

Mareli (E) e Raquel (D). (Fotos: Reprodução)

 

Redução

Suplente de vereador do PT, Eduardo Iglesias, quer a redução dos salários dos vereadores de Lajeado dos atuais R$ 7.200,00 para um salário mínimo (hoje em R$ 954,00). A manifestação ocorreu na sessão desta semana. Na sua conta do Facebook, Eduardou postou: “não adianta fazer discurso de “um país melhor”, e se calar para o fato de que — o dinheiro que deveria ser usado na educação, saúde, e demais serviços públicos — vem sendo despendido com salários de 7.200 para servidores que atuam (obrigatoriamente) apenas 2 horas por semana. Esse valor não condiz com a realidade econômica do país, e tampouco com a da nossa região. Há muitas evidências que reiteram essa minha argumentação.” Ele comparou ainda os salários dos vereadores de Lajeado com os de Porto Alegre, que hoje recebem R$ 9 mil, sendo que Lajeado tem 80 mil e a capital 1,4 milhão de habitantes.

Fake

As campanhas institucionais não serão suficientes para combater as fake news durante a campanha eleitoral. Aliás, neste início de campanha, dá a imprensão de que tudo que os candidatos tem falado ou postado em suas redes sociais são fakes.

Tremendo

Com toda estrutura e com recursos disponíveis para uma campanha é inadmissível que ainda tem candidato ao governo ou a presidência que se abale diante das câmaras e microfones. Poderiam ter se preparado melhor para a jornada. Se “tremem” diante de um desafio não tão complicado, imagem depois.

As mulheres

Cármen Lúcia no STF, Laurita Vaz no STJ e Rosa Weber no TSE. Três mulheres comandando três tribunais em Brasília.

Pensando bem

O Photoshop, software de editor de imagens, nunca foi tão usado como nesta época de campanha eleitoral. Os candidatos estão mais jovens, magros, com pele bonita e bem tratada. Bom se pudéssemos mudar também a conduta dos candidatos através de um programa de computador.



DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui