Reino Unido vai proibir anúncios de publicidade machistas em 2019

Estereótipos serão barrados da publicidade britânica a partir de junho.

0
Foto: REUTERS/Stephane Mahe

O Reino Unido se prepara para grandes mudanças em 2019. Além de ter data marcada para deixar a União Europeia, disse que vai barrar anúncios publicitários machistas em seu território.  Uma mulher que lava a louça ou passa o aspirador enquanto um homem assiste confortavelmente à televisão, sentado no sofá. Um pai incapaz de trocar corretamente a fralda do seu bebê. Uma mulher que não consegue estacionar. Todos estes estereótipos machistas serão barrados da publicidade britânica a partir de junho de 2019.

Um novo código de conduta foi publicado pela Advertising Standard Authority, a agência reguladora de publicidade do Reino Unido, que enumera estas e outras práticas proibidas. Os anúncios que não seguirem o novo código serão barrados, por constituírem uma ofensa “séria e generalizada”, diz o jornal.

Instagram e Youtube também serão afetados

As novas normas serão aplicadas para a publicidade difundida na televisão, no cinema, na imprensa, na internet, nos cartazes e outdoors e se estendem também aos posts patrocinados de instagramers e Youtubers.

A regulação cabe às agências de publicidade, mas qualquer pessoa pode denunciar práticas adversas à agência reguladora, que então abrirá uma investigação. Caso o anúncio em questão desrespeite as regras, ele será retirado do espaço público, seja físico ou virtual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui