“Serra Catarinense pode ser modelo de integração turística”

0
Foto: Divulgação

Lages, Urubici, Bom Jardim da Serra e Rio Rufino são os novos municípios brasileiros contemplados com o Selo + Turismo. A distinção é concedida pelo Ministério do Turismo a propostas alinhadas às diretrizes da política nacional do setor, garantindo prioridade de tramitação para projetos em contratação de crédito junto aos bancos credenciados do Prodetur+Turismo.

As propostas somam R$ 75,9 milhões para obras de infraestrutura turística, requalificação urbana e ações de marketing nos destinos. Segundo o ministro, a aprovação do Prodetur+Turismo aos quatro projetos da Serra Catarinense será convertida em integração turística para a região.

O Selo + Turismo capacita Lages a pleitear R$ 26,4 milhões, enquanto Urubici fica habilitada a solicitar R$ 26,9 milhões, Bom Jardim da Serra se qualifica para acessar R$ 16,4 milhões e, Rio Rufino, encaminhar projeto no valor de R$ 6,2 milhões. As propostas serão enviadas ao Banco Regional de Desenvolvimento Econômico (BRDE).

Fonte: Ministério do Turismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui