Tecnologias dão esperança para quem perdeu a capacidade de andar

Para quem perdeu a capacidade de andar, não basta receber uma prótese, é preciso preparo e reabilitação para usá-la

0
Foto: Divulgação

Velocidade acima dos limites, ausência de cinto de segurança e beber e dirigir são as principais causas de acidentes de trânsito, que por sua vez são a maior causa de lesões medulares no Brasil.

Para quem perdeu a capacidade de andar, não basta receber uma prótese, é preciso preparo e reabilitação para usá-la. Um dos principais avanços na reabilitação é o uso de robôs que auxiliam o paciente na fisioterapia.

Eles já são realidade em alguns centros de estudo. Ainda dentro do que é realidade, existem próteses cada vez mais leves, com maior mobilidade e para múltiplos usos, mas o custo ainda é uma barreira.

A eletroestimulação por meio de implante de eletrodos na medula, reestabelecendo a comunicação com o sistema nervoso central, é uma linha de pesquisa atualmente, assim como transplante de nervos para substituir os que foram rompidos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui