Toxoplasmose, sarna, piolhos e outros

0

Não sou veterinário apenas filho e convivi muito com bons profissionais. E arrisco alguns palpites. Conhecido por “Zoonoses” as doenças transmitidas pelos animais para os homens. Por isso os municípios precisam de veterinários para trabalhar na área de saúde pública.
Volte e meia aparece nas notícias algum surto por aí. Ora é piolho, apareceu à sarna, veio a toxosplamose. E tem mais: leptospirose, hantavirose, brucelose, tuberculose, carbúnculo, hidatidose, cisticercose, bicho de pé, e por aí vai. Vamos botar nesta conta o carrapato e a pulga.

O que assusta que volte meia aparece quando devia não mais acontecer e sim estar sobre controle. Mas o desconhecimento por muitas pessoas ajudam para que isto volte e meia apareça. E cada vez mais a aproximação de pessoas com animais tem trazido maior risco. E algumas até com “exageros” principalmente com gatos e cães.

Deixo bem claro de forma nenhuma aceitaria maus tratos com qualquer espécie de animais. Mas dormir na cama, trocar beijinhos ser criado como um “filho” me parece um perigo. Sei que alguns vão ao consultório veterinário, tem carteira de vacinação em fim acompanhamento profissional. Parece-me a minoria. Falar nisto já vacinou o seu gato? A do cachorro esta em dia?

Controlar o cachorro preso em casa é mais fácil que o gato, ainda mais quando entram em cio. O contato com outros animais e muitas vezes de rua é de difícil controle. Contato com urina e fezes quando vão passear. Falando nisto poucos recolhem as necessidades dos animais, mesmo com a disponibilização de saquinhos. E as areis das pracinhas, jardins e hortas em casa, uso de esterco não curtido?

De outra forma tem o consumo de alimentos como frutas e hortaliças lavadas com água poluída e podendo estar contaminada? Por isto é importante saber de onde vem. Precisa ser feito uma boa higiene em casa. Aqueles que gostam de carne mal passada, linguiça crua, leite não pasteurizado e queijos crus abram o olho. Todos podem ser fontes de algumas doenças inclusive toxosplamose. Estranho a dúvida com água da CORSAN, ela é tratada. Só se for a caixas de água coletiva, mas vamos ver o que vai dar em Santa Maria.

Às vezes até que é bom um susto destes para chamar atenção e mudarmos alguns maus hábitos. Fica a ressalva que há animais sadios e com acompanhamento adequado. Mas repito o percentual é pequeno. Ainda temos animais soltos por ai. Mesmo com a ONG ligados aos animais trabalhando, elas não têm pernas para resolver todos os problemas. E estão sempre há procura de apoio. Cada um que tem seu animal de estimação precisa fazer sua parte.

Chamo mais uma vez atenção carnes só bem passada, frita, cozida, assada. Leite pasteurizado ou esterilizado nada do tipo “colonial” e vale também para a linguiça e queijo “colonial”. Alimento de origem animal só com rótulo e carimbo do Sistema de Fiscalização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui