Foto: Reprodução

Desde a temporada 2010/2011, o Brasil vem registrando sucessivas quedas na movimentação turística pelos cruzeiros marítimos. De lá para cá, o número de navios despencou de 20 para 7, seguido da redução drástica no número de cruzeiristas que já chegou à marca de 800 mil turistas, mas nesta temporada atingirá, no máximo, 380 mil.

Para reverter este quadro,O Ministério do Turismo quer traçar estratégias para melhorar a competitividade do setor no Brasil.

A ideia é atacar os gargalos que dificultam a operação dos navios na costa brasileira. “Este é um setor bastante dinâmico. Se não damos condições para os cruzeiros operarem, eles simplesmente vão para outros países.

De acordo com dados cada navio gera, em média, 3 mil empregos. Com a queda de 20 para 7 embarcações, 39 mil empregos migraram do litoral brasileiro para outros destinos no mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui