Última audiência pública apresenta proposta do Plano Diretor de Lajeado que irá à Câmara de Vereadores

Presentes esclareceram dúvidas e manifestaram preocupação quanto a alguns pontos. Texto final passa por análise jurídica e deve ser encaminhado nesta ou na próxima semana ao Legislativo.

0
Salão de eventos da prefeitura praticamente lotou para última audiência pública - Fotos: Camila Pires

A comunidade e todos os atores envolvidos na construção do novo Plano Diretor de Lajeado tiveram uma última oportunidade, nesta terça-feira (12) à noite, para conhecer os principais pontos do projeto antes de seu encaminhamento para a Câmara de Vereadores. O salão de eventos da prefeitura praticamente lotou com a presença de empresários, autoridades políticas, representantes da população e de entidades e vereadores na quarta audiência pública realizada pelo Executivo para tratar do tema. O secretário de Planejamento e Urbanismo, Rafael Zanatta, conduziu os trabalhos, que também reservou espaço para manifestações da plateia.

Secretário Rafael Zanatta

A fala do secretário contemplou vários aspectos que dizem respeito ao Plano Diretor, o qual é elaborado há dois anos e projeta Lajeado em 2040: “desde o trabalho que nos trouxe até aqui, até o novo mapa de zoneamento, que a gente criou; o novo mapa do sistema viário, que projeta as novas ruas da cidade; mapa de transposições urbanas; revisão das atividades que podem ser feitas em cada zoneamento; índices; e todas as taxas inerentes a esse processo”, expõe Zanatta, quanto às áreas contempladas no plano.

Os presentes aproveitaram o momento para esclarecer dúvidas acerca dessas mudanças sugeridas, entre os quais, empreendedores da construção civil, presidentes de associações de bairros e vereadores, a exemplo de Carlos Eduardo Ranzi (MDB). Ele entende necessário o retorno aos bairros nessa etapa de conclusão da proposta. O que a gente viu aqui e nos deixou bastante preocupados é que algumas pessoas de bairros perguntaram ‘como vai ficar o meu bairro? Qual a situação que vai se apresentar naquele momento?’. A prefeitura fez questão de buscar a informação nos bairros , mas não está voltando para apresentar como irá ficar cada um deles”, avalia o vereador.

Público da plateia pôde esclarecer dúvidas sobre a proposta

Ele e os colegas, entende, terão muito trabalho para analisar o texto do novo Plano Diretor. Ainda manifestou desejo de mais esclarecimentos, assim como outras pessoas que utilizaram o espaço de fala, sobre a junção de dois conselhos atuais que se transformariam em um único: o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano.

Zanatta esclarece, por sua vez, que o Plano Diretor não se trata de resolver problemas particulares, mas sim o problema do todo da cidade, como a cidade vai se desenvolver, como ela quer crescer”. De acordo com ele, as sugestões que venham a ser feitas no texto deverão ter embasamento técnico. A versão final passa por uma análise jurídica e deve ser encaminhada ao Legislativo nesta ou na próxima semana. As discussões da proposta seguirão na Casa, assim como a sua posterior votação.

“A cidade foi crescendo, não digo desordenada, mas pouco a pouco, e a gente não conseguiu ter a visão do todo para a cidade. Com essa parada de um ano e meio, que estamos trabalhando, conseguimos olhar a cidade como um todo e estipular o que a gente quer para essa cidade. Acreditamos que vai melhorar a vida de quem empreende, vive e se locomove aqui dentro”, destaca o secretário. CP

Autoridades, como o prefeito Marcelo Caumo, e a vice, Gláucia Schumacher (sentados, à direita), acompanharam audiência

Proposta está no site

A proposta está disponível para consulta no site da Prefeitura de Lajeado. Na página inicial do site – www.lajeado.rs.gov.br – o interessado deve deixar o cursor do mouse sobre a aba Governo, selecionar o item Secretarias Municipais, clicar na opção Planejamento e Urbanismo, selecionando em seguida na coluna que fica à esquerda a opção Propostas do Novo Plano Diretor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui