Unilever se une à luta global pelo fim dos testes de cosméticos em animais

Empresa também investirá no treinamento de futuros cientistas de segurança para avaliação de riscos de testes alternativos.

0
Dove: marca recebeu selo cruelty-free, dado pelo grupo Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA). (Chris Ratcliffe/Bloomberg)

A gigante da beleza Unilever anunciou este mês seu apoio a uma iniciativa (#BeCrueltyFree) de uma organização mundial de proteção animal (Human Society International) para proibir testes de cosméticos em animais.

Juntas, as empresas farão uma campanha global para estimular mudanças regulatórias em prol do uso de testes que não envolvam animais, o que elas esperam alcançar até 2023 em 50 dos principais mercados de beleza do mundo, incluindo a Ásia.

Por meio da parceria, a Unilever também investirá no treinamento de futuros cientistas de segurança para avaliação de riscos de testes alternativos.

A Unilever também anunciou que a Dove, sua maior marca no segmento de Beleza & Cuidados Pessoais, conquistou o status de livre-de-crueldade, que assegura que a empresa não faz testes em animais em toda a cadeia de fabricação de seus produtos.

Fonte: Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui