1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Lajeado define propostas e elege delegados para conferência estadual

Evento foi realizado no Auditório do Sesc Lajeado


0
Foto: Divulgação

A 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, organizada pela Prefeitura de Lajeado, por meio do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsea), integrante da Secretaria do Desenvolvimento Social (SMDS), ocorreu nesta quarta-feira (6) com o tema “A fome voltou! Medidas já!”. O evento foi realizado no Auditório do Sesc Lajeado.

O evento foi aberto com apresentação cultural do grupo “Alegria e Amizade” do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Espaço Cidadania, e apresentação da mesa oficial com a presença da secretária do Desenvolvimento Social, Céci Maria Rodrigues Gerlach, da presidente do Comsea, Daiana Corbellini, da diretora do Sesc Lajeado, Betina Durayski, e do presidente da Câmara de Vereadores, Deolí Gräff.

Após, ocorreu a leitura e aprovação do regimento interno. A conferência municipal com o tema “A fome voltou! Medidas já!” antecede a 8ª Conferência Estadual de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do Rio Grande do Sul, que ocorre nos dias 27 e 28 de julho, com o mesmo tema.

Conforme a secretária do Desenvolvimento Social, Céci Maria Rodrigues Gerlach, é um tema muito importante a ser debatido já que a pandemia deixou, além da doença, um cenário de enfraquecimento do mercado de trabalho e, consequentemente, da falta de condições de manter a segurança alimentar.

“No município de Lajeado, temos políticas públicas que atendem os setores com deficiência, como o caso da alimentação. A retomada do Comsea é um exemplo disso. Temos desafios e estamos qualificando, cada vez mais, a concessão de cestas básicas e do cartão-alimentação, pois a necessidade do alimento não é eventual”, destaca a secretária.

A assistente social e presidente do Comsea, Daiana Corbellini, destaca que a conferência é muito importante e necessária para promover transformações e qualificar a oferta de alimentos, principalmente, para a população mais vulnerável.

“Enquanto Conselho, nossa principal missão é o fortalecimento das políticas voltadas à segurança alimentar, com participação das organizações da sociedade civil na formulação e na implementação de políticas voltadas para promoção do direito de uma alimentação adequada e saudável. A situação tem se agravado, principalmente com a pandemia, mas vamos buscar soluções para melhorar este cenário”, avalia a presidente do Conselho.

Encaminhamentos

Foram eleitos os delegados da sociedade civil Edenir José da Silva, ficando como suplente Inês da Silva, ambos da comunidade Quilombola Unidos de Lajeado. Como conselheira, foi eleita Jéssica Barbieri, ficando como suplente Alissa Goergen, da Comunidade Sustenta a Agricultura. Por parte da administração municipal, foram eleitas Marise Kayser, ficando como suplente Fátima Luciane Machado. Foi eleita conselheira Juliana Ripillinger, ficando como suplente Luana Maria Wollinger. Os delegados representarão o município e encaminharão as propostas na Conferência Estadual, que ocorre na Assembleia Legislativa no fim deste mês. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui