Brechó arrecada valores para compra de cestas básicas a famílias carentes de Lajeado

Na parte da manhã foram arrecadados cerca de R$ 2 mil. Programação segue até as 15h desta quarta-feira (9) no salão da Paróquia Santo Inácio, no Centro


0
No local são oferecidas roupas de inverno para todos os tamanhos (Foto: Gabriela Hautrive)

Pensando em famílias carentes e lajeadenses que não possuem condições financeiras para se aquecer e se alimentar, principalmente no período de inverno, voluntários do Grupo da Caridade, pertencente à Paróquia Santo Inácio de Loyola de Lajeado, realizam um brechó solidário durante está quarta-feira (9). A programação iniciou por volta das 8h e se estende até as 15h. Com peças de roupas com valores que variam entre R$ 3 e R$ 20, a ação visa arrecadar valores para compra de alimentos que serão doados a 35 famílias carentes de Lajeado que possuem vínculo com a paróquia.


ouça a reportagem

 


Segundo uma das organizadoras, Glaci Maria Agostini (88), que há 38 anos trabalha de forma voluntária no grupo, as peças de roupas, dos mais variados modelos e tamanhos, são doadas pela comunidade. “Tudo o que temos vai chegando durante o ano, a partir de outubro entra peças de lã, quando pessoal muda os roupeiros”, explica. Os valores das roupas são elaborados de forma acessível a todos os públicos, segundo Loeni Kraemer, mais conhecida como Nica, que também é voluntária do projeto há cerca de 30 anos. “Na base de R$ 3 em diante, chegando até R$ 20 no caso de casacos”, explica.

O maior movimento é na parte da manhã, quando é registrada a presença de famílias que são atendidas com frequência pela paróquia, através do grupo que realiza diversas outras ações em benefício a pessoas carentes. “Temos o rancho uma vez por mês com 35 famílias cadastradas que buscam por alimentos”, diz Loeni. A voluntária Glaci conta que fazer esse trabalho há tantos anos, que iniciou com ações em Venâncio Aires, com ajuda de uma irmã e tem continuidade em Lajeado. “Continuamos o trabalho, mas quem começou mesmo tudo isso foi a Verena Klein, já falecida”, conta.

A Paróquia Santo Inácio de Loyola mantém diferentes obras sociais com o intuito de atender às comunidades carentes e de baixa renda localizadas no entorno da Igreja. Essas obras são mantidas graças aos eventos paroquiais, mas principalmente, pelos dizimistas e voluntários.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui