Restaurante do Chico: sua história de desafios traz simplicidade, aconchego e comida boa a Lajeado

O cliente, ao adentrar no local, tem a experiência de saborear seus deliciosos pratos e é transportado para diferentes locais e épocas do planeta ao visualizar e conhecer os itens expostos. Veja a galeria de imagens e o programa na íntegra


0

O apresentador Ricardo Brunetto conversou com José Henrique Doertzbacher, o Chico, proprietário do Restaurante do Chico, em Lajeado. No programa deste sábado (10), ele conta a sua trajetória de desafios até chegar ao diferenciado estabelecimento da cidade, famoso pela comida boa e local peculiar, pensado nos mínimos detalhes.

Cada cantinho do Restaurante do Chico tem uma história a ser contada pelo proprietário. O cliente, ao adentrar no local, tem a experiência de saborear seus deliciosos pratos e é transportado para diferentes locais e épocas do planeta ao visualizar e conhecer os itens expostos. Além dos artigos de decoração, há diversas mensagens que lembram filmes, poemas e conversas do Chico.

Os pratos de maior sucesso são o pastel e à la minuta. Também tem a pimenta artesanal preparado pelo próprio Chico. Nas bebidas, destacam-se a guaraná, as cervejas e a cachaça. “Sempre procuro ter algo diferente”, destaca.

Em maio, uma ação do empresário chamou a atenção dos lajeadenses e virou reportagem na Rádio Independente. Chico colocou bergamotas em uma cesta de bicicleta com a placa: “Sirva-se, é para você”. Inclusive, o restaurante tem várias bicicletas expostas.

O Restaurante do Chico, com 12 anos de atuação em Lajeado, atende de segunda a sábado, das 7h30 às 13h30, e localiza-se na Rua Vinte e Cinco de Julho, no Bairro Americano, em Lajeado.

Confira as redes sociais do Restaurante do Chico: 

Assista ao programa na íntegra

 

 


“Sou responsável pelo que digo, não pelo que você entende”

Postura profissional, com Tamara Bischoff.

A frase acima estampa um quadrinho que decora a sala da minha casa. Pra mim, ela explica muita coisa, o essencial do ser humano: sua singularidade. O que ela diz? Que a mesma frase que eu pronuncio será interpretada de maneiras diferentes por cada ouvinte, de acordo com sua história.

O chefe de um departamento pede que os funcionários se dediquem mais num determinado momento para que consigam alcançar um objetivo. Fulano entenderá assim: “isso aí, adoro desafios, vou me esforçar e juntos vamos conseguir”. Beltrano chegará em casa e contará que o chefe está pegando no seu pé, que deu a entender que ele não está trabalhando de acordo. Ciclano ouvirá que o chefe só está querendo se promover com os resultados do grupo. Qual deles está certo ou errado? Talvez todos, talvez nenhum. Porque não tem certo ou errado nesse tipo de situação.


OUÇA O QUADRO


Tamara Bischoff, jornalista e psicóloga

Quando iniciei o curso de Jornalismo, uma das primeiras lições que aprendi foi que não existe objetividade total na comunicação, pois tanto o emissor quanto o receptor colocam algo de sua subjetividade na mensagem. Hoje, 20 anos depois, a psicanálise só engrandece minha compreensão a respeito disso.

Pense em quantas vezes você falou algo e foi mal interpretado. Nos relacionamentos amorosos então, não faltam situações. A questão é que não temos como nos responsabilizar por aquilo que o outro entende, o não nos exime de sermos cuidadosos com o que falamos, mas é apenas sobre isso que poderemos responder.


 

Parcerias com outras empresas para otimizar os negócios!

Espaço Sebrae, com Soraia Gerhardt.

Você lembra que na semana passada falei sobre a importância de se analisar oportunidade de parceria empresarial?

Muitas parcerias de sucesso ocorrem do decorrer de uma negociação bem-sucedida de compra e venda entre empresas. Esse primeiro passo gera confiança e convicção de que as empresas podem confiar umas nas outras e serem parceiras de longa data.


ouça o quadro


 

Sempre busque parceiros que complementem o seu negócio, que possuam uma ideologia parecida com a sua, que tenham referencias ou sejam confiáveis perante o mercado.

Foto: Soraia Gerhardt

Com o objetivo de iniciar a construção de parcerias solidas, o Sebrae RS tem estimulado cada vez mais as empresas a participarem das Rodadas de Negócios. Essas rodadas, organizadas pelo Sebrae RS e parceiros, tem por objetivo aproximar a demandas das empresas, reunindo compradores e vendedores com o objetivo de realizar negócios.

Uma das principais rodadas de negócio no calendário do Sebrae RS, acontece em uma das maiores feiras de inovação e negócios da América Latina, a Mercopar (https://mercopar.com.br). A feira é exemplo de início de construções da base para futuramente acontecerem parcerias entre empresas, pois se concretizam muitos negócios entre os expositores e compradores, fator crucial para gerar confiança e consequentemente iniciar parcerias duradouras.

Ficou interessado? Aproveite é uma excelente oportunidade de ampliar as vendas, conhecer novos fornecedores e otimizar o seu tempo na prospecção de potenciais clientes!
A Mercopar 2021 – Feira de inovação industrial será no início do mês de outubro na cidade de Caxias do Sul. Acompanhe a programação! Vamos ter muitos eventos online e os presenciais serão somente com inscrições antecipadas para garantir a segurança dos participantes.

Acompanhe todas as oportunidades de rodadas de negócios no site do Sebrae RS.
www.sebraers.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui