26% dos moradores da cidade de SP já tiveram contato com o coronavírus, aponta pesquisa

Percentual equivale a cerca de 2,2 milhões de pessoas com mais de 18 anos que vivem na capital paulista.


0
Foto: Divulgação/ Fleury

26,2% dos moradores da cidade de São Paulo já tiveram contato com o novo coronavírus. O percentual equivale a cerca de 2,2 milhões de pessoas com mais de 18 anos. Desses, 700 mil teriam adquirido anticorpos no período de agosto a outubro. Os dados fazem parte da quarta etapa de um estudo realizado por Grupo Fleury, Instituto Semeia, IBOPE Inteligência e Todos pela Saúde.

Dados da pesquisa:

Prevalência por renda

21,6% dos moradores dos distritos mais ricos possuem anticorpos
30,4% dos moradores dos distritos mais pobres possuem anticorpos

Prevalência por escolaridade

35,8% entre os adultos que tem até o ensino fundamental
16% entre os adultos que tem ensino superior completo

A pesquisa analisou 1.129 amostras de sangue de adultos moradores da capital paulista espalhados por 152 distritos censitários entre os dias 1 e 10 de outubro de 2020. Para análise dos resultados, o estudo considerou três estratos socioeconômicos (maior renda, renda intermediária e menor renda). Os dados mostram diferenças na prevalência quando considerada renda, escolaridade e raça.

Segundo o estudo, 21,6% dos moradores dos distritos mais ricos tinham anticorpos contra a doença, enquanto nos distritos mais pobres o valor sobe para 30,4%. A pesquisa ainda identificou que o contato com o coronavírus é inversamente proporcional ao nível educacional. De acordo com o estudo, 35,8% dos adultos que estudaram até o ensino fundamental possuem anticorpos contra a doença, já naqueles que possuem o ensino superior o percentual registrado foi de 16%. O estudo ainda concluiu que 31,6% dos pretos e pardos já tiveram contato com o novo coronavírus, enquanto que dos brancos 20,9% tem anticorpos contra a Covid-19.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui