60% da população conhece alguém que morreu de covid no Brasil

Pesquisa foi feita pela Confederação Nacional da Indústria


0
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Dois em cada três brasileiros defendem a vacinação contra a covid. Essa é uma das conclusões do estudo feito pela CNI, a Confederação Nacional da Indústria, em parceria com o Instituto FSB Pesquisa. 77% dos entrevistados consideram a vacinação a medida mais importante contra a doença e defendem que escolas e faculdades exijam dos alunos o comprovante. 70% dos pais de crianças de 5 a 17 anos já vacinaram todos os filhos, mas outros 18% deles ainda não levaram os filhos pra se imunizar. O gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, explica esse sentimento de confiança na vacina pela maioria dos entrevistados. Apesar de se mostrarem mais tranquilas, 33% da população – ou uma a cada três pessoas – tem um certo receio de conviver com pessoas não vacinadas. E 70% dos entrevistados disseram que pretendem seguir usando máscaras de proteção dentro de supermercados, ou em viagens de ônibus ou avião, mesmo sem a obrigatoriedade. O levantamento feito com duas mil pessoas com 16 anos ou mais aponta ainda que 60% delas conhecem alguém que morreu de Covid e 35% afirmaram que já tiveram a doença. Apesar disso, o brasileiro reconhece a melhoria dos índices de Covid-19: quase 90% das pessoas ouvidas avaliavam a crise sanitária como grave ou muito grave em abril de 2021. Fonte: Agência Brasil

Mulher flagrada jogando cachorro no lixo em SC vai responder por maus-tratos, diz polícia

A mulher flagrada jogando um cachorro no lixo em Blumenau, no Vale do Itajaí, vai responder por crime de maus-tratos, com pena de dois a cinco anos de prisão, segundo informou a Polícia Civil. O caso foi registado em vídeo na quinta-feira (28). De acordo com o delegado Cristhian Siqueira, a mulher esteve na delegacia durante a tarde de quinta, quando foi ouvida informalmente e liberada em seguida. Conforme o investigador, testemunhas foram ouvidas e a mulher deve prestar depoimento na próxima semana, na presença de advogado. Ela não negou os fatos, mas a polícia informou que a motivação da suspeita ainda não está esclarecida. Fonte: G1

McDonald’s decide tirar linha McPicanha de suas lojas no Brasil

O McDonald’s decidiu retirar do cardápio de todas as suas lojas no Brasil, a partir desta sexta-feira (29), os dois sanduíches da linha “Novos McPicanha”. “Pedimos desculpas se o nome escolhido gerou dúvidas e informamos que estamos avaliando os próximos passos”, afirmou a rede, em nota. A decisão ocorre após notificação do Ministério da Justiça e Procon-SP, que pediram esclarecimentos sobre a falta de picanha em sanduíches. O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) também abriu um processo para investigar a campanha publicitária da rede de fast food. Fonte: G1

Provas do Enem ocorrerão nos dias 13 e 20 de novembro

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizará as provas da versão impressa nos dias 13 e 20 de novembro. A confirmação das datas foi informada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira. Os dias e outras informações da versão digital ainda não foram apresentadas pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições começam no dia 10 de maio e se encerram no dia 21. Fonte: Correio do Povo

Com aumento de 55% de feminicídios em 2022, SC implementa pedidos de medidas protetivas pela internet

As vítimas de violência doméstica de Santa Catarina já podem solicitar medidas protetivas de urgência por meio da internet. Na quinta-feira (28), a Polícia Civil lançou uma nova versão da delegacia de polícia virtual no Estado com a funcionalidade. A iniciativa busca frear o crescimento de casos de feminicídio após um aumento de 55% em 2022. Entre janeiro até março deste ano, 14 mulheres foram mortas por conta do gênero em Santa Catarina. No mesmo período do ano passado, a Polícia Civil registou nove casos. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Com a iniciativa da Polícia Civil, o pedido será concedido imediatamente, segundo o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Marcos Flávio Ghizoni Júnior. Além disso, as vítimas não precisam mais se deslocar até uma delegacia. Fonte: G1

Justiça obriga Facebook a indenizar mulher que caiu em golpe no Instagram

O Facebook foi condenado pela Justiça do Distrito Federal a indenizar uma mulher que comprou um aparelho celular vendido por um perfil hackeado no Instagram, plataforma administrada pelo Facebook. A usuária só descobriu o golpe após a verdadeira dona da conta perceber a invasão na página a e comunicar que a venda se tratava de uma fraude. Na decisão unanime, a 3ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do DF obriga a empresa a indenizar a vítima em R$ 2,3 mil, valor referente à quantia investida na falsa venda. Fonte: Correio do Povo

Bolsonaro diz que STF cometeu excesso e defende André Mendonça

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar, nesta sexta-feira (29), ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que houve excesso por parte do Judiciário na condenação do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), acredita que cabe apenas ao chefe do Executivo desfazer a “injustiça” e saiu em defesa de André Mendonça, seu segundo indicado à Corte. Silveira recebeu perdão de Bolsonaro por meio de decreto. A medida foi anunciada um dia após o STF condenar o parlamentar a oito anos e nove meses de prisão, cassar seu mandato, suspender seus direitos políticos e torná-lo inelegível pelos próximos oito anos. Fonte: R7

Moraes diz que discurso contra a Justiça Eleitoral é ‘lamentável’

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes afirmou que “é lamentável e ignóbil o discurso contra a Justiça Eleitoral”. As declarações dele foram feitas durante discurso no TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), na tarde desta sexta-feira (29). O magistrado afirmou que as fraudes ocorriam em larga escala antes do sistema eletrônico de votação ser implantado e que, desde 1988, o Brasil é exemplo de celeridade na apuração dos votos. Fonte: R7

Petrobras anuncia reajuste de 19% no gás natural

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (29) novo reajuste de preços do gás natural. A partir de 1º de maio, o valor repassado às refinarias será 19% maior que o que vigorou no último trimestre, de fevereiro a abril. Uma eventual nova mudança nos preços só será possível a partir de 31 de julho, de acordo com o contrato firmado entre a estatal e as refinarias. Conforme o gestor do Grupo Charrua, Raymundo Monteiro neto, o aumento não deve refletir para o consumidor. Fonte: R7

Produção e apresentação: Rita de Cássia
Próxima edição: segunda-feira, às 8h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui