Polícia abre inquérito para apurar responsabilidade pela morte de menino de 1 ano em incêndio

“Sendo comprovada a responsabilidade, haverá indiciamento por homicídio culposo”, diz delegado de Estrela, responsável pelo caso


0
Delegado Juliano Stobbe, titular da Delegacia de Estrela,

A Polícia Civil de Estrela abriu inquérito para ouvir os familiares do menino de 1 ano que morreu no incêndio na última quinta-feira (12), no Bairro Alto da Bronze. Conforme o delegado Juliano Stobbe, titular da Delegacia de Estrela, após o trabalho da perícia, ficou confirmado que o incêndio teve origem no quarto onde dormia o menino. O inquérito vai apurar a responsabilidade pela tragédia. “Sendo comprovada a responsabilidade, haverá indiciamento por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Nos resta analisar e verificar se existe essa negligência. O inquérito vai indicar”, afirma Stobbe.


OUÇA A ENTREVISTA COM O DELEGADO 


A criança estava em casa dormindo quando o incêndio começou. Próximo a ele, na mesma residência, porém no pavimento inferior, estava a avó. Os pais já haviam saído para o trabalho e sua irmã, de cinco anos, estava na creche.

O delegado salienta que “quando se está na missão de cuidar de alguém, de ter a responsabilidade de cuidar de uma pessoa, especialmente uma criança, algumas responsabilidades podem recair sobre esta pessoa”. O delegado não tem um prazo estimado para a conclusão das investigações.

Texto: Cícero Copello
am950@independente.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui