A sobrevivente de câncer infantil que será a mais jovem americana a viajar ao espaço

Hayley Arceneaux, hoje com 29 anos, foi escolhida para participar da missão espacial prevista para o último trimestre deste ano, a primeira em que nenhum dos tripulantes será um astronauta profissional.


0
Hayley Arceneaux, de 29 anos, será a americana mais jovem a viajar ao espaço. Ela é assistente médica em um hospital especializado em câncer infantil (Foto: St. Jude Children’s Research Hospital)

A americana Hayley Arceneaux tinha 10 anos de idade quando foi diagnosticada com osteossarcoma, um tipo de câncer ósseo. Depois de um longo tratamento, que incluiu quimioterapia e cirurgia, ela não apenas se curou da doença, mas também descobriu sua vocação: ajudar outras crianças na mesma situação.

Hoje, aos 29 anos, Arceneaux trabalha como assistente médica e trata de crianças com leucemia e linfoma no Hospital St. Jude Children’s Research, em Memphis, no Tennessee, o mesmo onde ficou internada na infância.

Com sua história de superação, Arceneaux foi escolhida para representar o hospital em uma missão espacial prevista para o último trimestre deste ano, a primeira em que nenhum dos tripulantes será um astronauta profissional. Ela se tornará a americana mais jovem a viajar ao espaço.

A surpresa ao ter sido a eleita para a vaga, que era reservada a um profissional de saúde que representasse esperança, foi acompanhada por empolgação com o desafio.

“Eu ri e disse ‘O que? Você está falando sério?'”, conta. “E respondi ‘Sim, sim, obrigada. Por favor me mande para o espaço’.”

Arceneaux e outros três tripulantes deverão decolar do Complexo 39 de lançamento do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, a bordo do foguete Falcon 9, da SpaceX, empresa de Elon Musk. Eles irão orbitar a Terra durante três dias na cápsula Dragon antes de reentrar na atmosfera terrestre e pousar na costa dos EUA.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui