‘A vida é feita de escolhas. E eu hoje escolhi sair’, afirma ex-ministro Nelson Teich

O ex-ministro não explicou o motivo que o levou a tomar a decisão.


0
Foto: EVARISTO SA/AFP/JC

Um dia antes de completar um mês no cargo e em meio à explosão de casos e mortes pela epidemia do novo coronavírus no país, o ex-ministro da Saúde Nelson Teich afirmou nesta sexta-feira (15), em pronunciamento no Ministério da Saúde, que “escolheu” deixar a pasta. Ele fez a afirmação durante um rápido pronunciamento no auditório do ministério ao lado do secretário-executivo, general Eduardo Pazuello, e de técnicos da pasta. O ex-ministro não explicou o motivo que o levou a tomar a decisão. Teich ainda disse que não aceitou o convite para ser ministro em razão do cargo e sim porque achou que poderia ajudar o Brasil e ajudar as pessoas. O general Eduardo Pazuello vai assumir interinamente o cargo de ministro da Saúde. Fonte: G1

Enem tem 3 milhões de inscritos e vagas digitais quase esgotadas

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio contabilizam nesta sexta-feira (15), um total de 3 milhões e 55 mil participantes desde que foram abertas na última segunda (11). A versão digital das provas já está com 99.610 inscritos das 10,1 mil vagas disponibilizadas. O período de inscrições se encerra até dia 22 de maio, com uma taxa de R$ 85. O valor é o mesmo de 2019 e deve ser pago até dia 28 de maio. Os participantes que se enquadram nos critérios de isenção previstos pelo edital do Inep têm direito à inscrição gratuita.

RS insere nesta sexta-feira 497 novos casos de Covid-19 feitos via testes rápidos nos municípios

A Secretaria da Saúde do RS vai inserir no Boletim Oficial do Estado, nesta sexta-feira (15), mais 497 novos casos de Covid-19 feitos via testes rápidos pelos municípios. São números diluídos em períodos diferentes e dados que vinham se acumulando, e por este motivo havia conflito no lançamento das informações do Estado em comparação aos municípios. Os números de testes rápidos não entrarão no sistema de classificação das bandeiras pois há números computados desde março.

Pesquisadores de Israel criam bafômetro para detectar novo coronavírus em apenas um minuto

Um teste rápido de apenas um minuto, que detecta a presença do novo coronavírus pela respiração, surge como esperança para viajantes em aeroportos ou para o retorno de funcionários a empresas. Criado por pesquisadores em Israel, e respaldado pelo Ministério da Defesa, o bafômetro foi avaliado em 120 pessoas e obteve êxito em mais de 90% dos casos. Em relação ao PCR, já disponível no mercado que coleta, por uma espécie de cotonete, amostras da garganta ou do nariz, o equipamento é mais eficaz, pois o valor é estimado em 50 dólares e o resultado é imediato. Fonte: G1

Bolsa cai após exoneração de ministro da Saúde

O pedido de demissão do ministro da Saúde Nelson Teich refletiu no desempenho do Ibovespa, principal índice de ações da bolsa brasileira, nesta sexta-feira. Depois de oscilar sem direção definida no período da manhã, o indicador iniciou uma trajetória de queda. Às 12h16min, o Ibovespa caía 1,79%. Às 12h38min, o dólar sinalizou queda e chegou a R$ 5,80. Fonte: Correio do Povo

Prefeitura e Univates lançam o “Testa Lajeado”

A administração municipal de Lajeado pretende testar 3,6 mil pessoas para Covid-19. Esta é a proposta do “Testa Lajeado”, projeto de pesquisa elaborado em conjunto com a Univates. A iniciativa, que visa verificar o percentual de moradores da cidade que já desenvolveram anticorpos para o novo coronavírus, foi apresentada no início da tarde desta sexta-feira (15), pelo prefeito Marcelo Caumo (PP) e pelo reitor da Univates, Ney José Lazzari, em coletiva de imprensa no Salão de Eventos da prefeitura. A pesquisa será realizada em 3 etapas, com intervalos de 14 dias entre cada uma. Este período é o intervalo de tempo adequado para detectar a expansão do vírus, cujo ciclo médio entre contaminação e cura é de 14 dias. AI / LF

Jogos de Tóquio em 2021 não serão “convencionais”, diz Hoshiro Muto

A Olimpíada de Tóquio (Japão) adiada para 2021 não deverá ser “convencional” se comparada às edições anteriores. A afirmação foi feita na manhã desta sexta-feira (15), durante conferência de Tohiro Muto, diretor-executivo do Comitê Organizador local dos Jogos. Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a edição deste ano das Olimpíadas foram transferidas para o período de 23 de julho a 8 de agosto de 2021. Fonte: O Sul

Produção e apresentação: Gabriela Hautrive
Próxima edição: amanhã às 8h;

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui