Aberto edital para implantação de Centros de Referência em Atendimento às Pessoas com Autismo

Deputado Eduardo Loureiro (PDT) detalha a sua iniciativa que deu amparo e base ao programa e aos centros de atendimento que o governo do Estado está implementando agora


1
Deputado Eduardo Loureiro (PDT) (Foto: Divulgação)

Foi publicado em 8 de abril, no Diário Oficial do Estado, o edital para seleção de serviço público municipal ou privado visando a implantação de sete Centros Macrorregionais de Referência em Transtorno do Espectro do Autismo (CMR) e de 30 Centros Regionais (CRR), um em cada área das coordenadorias regionais de Saúde.

Em entrevista ao programa Panorama desta quarta-feira (14), o deputado Eduardo Loureiro (PDT), autor da Lei 15.322 de 2019, detalhou a sua iniciativa que deu amparo e base ao programa e aos centros de atendimento que o governo do Estado está implementando agora.


ouça a entrevista

 


 

Segundo o legislador, os centros deverão ter atendimento com profissionais nas áreas de assistência social, fisioterapia, fonoaudiologia, neurologia, pedagogia, psicopedagogia, psicologia e terapia ocupacional. Baseado na lei de autoria do deputado, o TEAcolhe, como foi denominado o programa de atendimento ao autismo, terá aporte mensal entre R$ 20 e R$ 50 mil.

Os interessados devem enviar a documentação até 10 de maio de 2021, às 23h59min, impreterivelmente, pelo endereço de e-mail teacolhers@gmail.com. Clique aqui para acessar o edital.

Assembleia vai debater o programa de atendimento ao autismo

Às 18h desta quarta-feira (14), um painel vai debater por teleconferência os principais aspectos do Programa Estadual de Atendimento às Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), lançado pelo governo do RS recentemente.

Interessados podem acompanhar e participar pelos canais da Assembleia Legislativa no Youtube e pelas redes sociais do deputado Eduardo Loureiro no Facebook. O debate, que será organizado pela Comissão de Assuntos Municipais, vai contar com a participação de Hugo Braz (Rede Gaúcha Pró-Autismo), Ana Costa (Secretaria de Saúde do Estado) e Claudia Meyer (Instituto Autismo e Vida). RG / AI-AL

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui