Abrigo São Chico de Lajeado abre vagas emergenciais devido frio intenso

Além disso, prefeitura intensificou ações nesta semana


0
Coordenadora do abrigo, Luana Dias Pereira (Foto: Caroline Silva)

O abrigo São Chico de Lajeado está com vagas emergenciais abertas devido a onda de frio intenso prevista para chegar ao Estado nesta terça-feira (27). Atualmente, 45 pessoas recebem acolhimento, 42 homens e três mulheres. A coordenadora da casa, Luana Dias Pereira, fala que foram disponibilizadas mais seis vagas. “Desde o começo do inverno estamos disponibilizando vagas emergenciais para dar conta de acolher todo esse público de rua, principalmente com essa previsão de mais frio nos próximos dias”, conta. Das seis novas vagas, restam apenas quatro.

A coordenadora também diz que no ano passado não foi necessário aumentar o número de ocupações, e que em 2021 a procura aumentou. “Houve um aumento da procura e da permanência. A gente tem mantido a casa diariamente com a ocupação máxima de 44% e precisou dessa abertura de vagas para suprir essa demanda que vem ocorrendo no município”, explica.

Luana ressalta que além das doações que diariamente o abrigo recebe da comunidade, no momento a casa segue necessitando de produtos específicos. “Toda ajuda é necessária e contamos muito com a comunidade, mas pedimos doações de roupas masculinas, materiais de higiene e higiene pessoal”, diz.

Prefeitura intensifica ações nesta semana

Além de acolher, é importante que as pessoas tenham acesso a agasalhos e cobertores. Em razão disso, a assistência social irá ampliar os dias de recebimento de doações no Centro de Referência Vestir & Ser durante esta semana. As doações devem ser exclusivamente de roupas e agasalhos de inverno, bem como de cobertores e mantas, já que é a maior necessidade da população em situação de vulnerabilidade social neste momento.

Durante esta semana, as pessoas podem doar agasalhos e cobertores de inverno na terça e quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h45, e na sexta-feira, das 8h às 14h.

Já a retirada de peças por parte de famílias em situação de vulnerabilidade social funciona por agendamento, sempre nas quartas-feiras, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h45. Na medida em que o Centro passe a receber mais roupas para o frio será possível ampliar o atendimento para a população que necessitar.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui