Acabar com a obrigatoriedade da máscara é ‘pensamento neandertal’, diz Joe Biden

Os governadores dos estados do Texas e do Mississippi resolveram acabar com a obrigatoriedade do uso da máscara. Joe Biden, o presidente dos EUA, criticou as medidas.


0
Foto: Jonathan Ernst / Reuters

As decisões que põem fim à obrigatoriedade do uso de máscaras são “um pensamento neandertal”, disse na quarta-feira (4) o presidente Joe Biden, dos Estados Unidos.

Neandertal é uma subespécie de humanos que foi extinta há cerca de 40 mil anos.

Biden havia sido perguntado por repórteres se ele tinha uma mensagem para os estados do Texas e do Mississippi, onde os governadores liberaram as pessoas para não usar máscaras.

O presidente disse também que acha que as medidas são um grande erro. “Veja, eu espero que todos tenham percebido, a essa altura, [que] essas máscaras fazem uma diferença”, afirmou ele.

“A última coisa que precisamos é desse pensamento neandertal que ‘por enquanto está tudo bem, tirem as máscaras, esqueçam’. Ainda é importante [usar as máscaras]”, disse ele.

Decisões de governadores

O governador do Mississippi, Tate Reeves, um dos que preconizam o fim da obrigatoriedade das máscaras, deu uma entrevista à Fox News para responder. Ele afirmou que não há mais uma crise de saúde no estado. “Eu gostaria que o presidente focasse [sua atenção] em confiar nos americanos, e não em tentar insultar os americanos”, afirmou ele.

O governador do Texas, Greg Abbott, foi o mais radical ao acelerar o fim das medidas de restrição. Ele acabou com o uso obrigatório de máscaras e determinou que a maior parte das empresas pode reabrir com capacidade máxima na semana que vem.

A oferta cada vez maior de vacinas tem feito uma diferença para controlar a pandemia, mas é preciso manter a vigilância e usar máscaras, lavar as mãos e fazer distanciamento social, segundo Biden.

Mais de 511 mil mortos
Biden lembrou que mais de 511 mil pessoas morreram de Covid-19 nos EUA, e que levará tempo para que todos tenham acesso à vacina.

Mais de 100 milhões de doses foram distribuídas no país. Cerca de 50 milhões de pessoas já foram vacinadas.

Ainda há mais de 50 mil casos da doença por dia nos EUA.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui