ACI-E e Univates lançam Programa Jovem Aprendiz com foco em Tecnologia da Informação

Ideia é oportunizar que empresas de Encantado e da região Alta qualifiquem adolescentes e jovens aprendizes


0
Foto: Divulgação

A Associação Comercial e Industrial de Encantado (ACI-E) e a Univates apresentaram na terça-feira (10), o Programa Jovem Aprendiz.  A ideia é oportunizar que empresas de Encantado e da região Alta qualifiquem adolescentes e jovens aprendizes a fim de suprir as necessidades das organizações, sobretudo, na área de Tecnologia de Informação (TI).

O presidente da ACI-E, Alex Herold, destacou que a entidade, ao propor o Programa Jovem Aprendiz, busca atender à demanda de mercado, não só na qualificação da mão de obra, mas também na retenção de jovens talentos. “Temos que desmistificar o menor aprendiz. Não podemos pensar apenas como obrigação legal, pelo preenchimento da cota, mas sim em trazer para a empresa um talento jovem e fidelizá-lo”, argumenta Herold.

A diretora do Centro de Educação Profissional (CEP) da Univates, professora Edi Fassini, chamou atenção para a parceria que existe há anos entre ACI-E e Univates, principalmente, na oferta de cursos de Ensino a Distância (EAD). “Essa ótima relação que temos com a Associação, e que está trazendo excelentes resultados, nos dá segurança e motivação para ampliarmos a oferta de serviços na área educacional na região”, afirmou. Ela também explicou a metodologia do curso que será oferecido em parceria com a ACI-E, com foco em TI. “Qualquer segmento do mercado hoje precisa de compreensão e de domínio de TI. Ao concluir o curso, o aluno sairá um programador”, acrescentou.
Inicialmente será formada uma turma com até 20 participantes, com idade entre 14 e 24 anos, matriculados em escolas de Ensino Fundamental e Médio. A duração da capacitação é de dois anos com encontros presenciais às sextas-feiras no Centro Empresarial ACI-E. As empresas interessadas em oportunizar o curso a seus jovens aprendizes já podem se inscrever na Associação.

A executiva da ACI-E, Bernardete Rissi, salientou que a entidade se propõe a manter contato permanente com os gestores e líderes do Jovem Aprendiz, responsáveis pelo RH e diretores das empresas a fim de acompanhar e ajustar o processo sempre que necessário.
Mais informações sobre o Programa Jovem Aprendiz podem ser obtidas pelo WhatsApp Corporativo da ACI-E no 3751.2255 e telefones 3751.2876 e 3751.3432.
Sicredi, um case de sucesso

A assessora de Recursos Humanos do Sicredi Região dos Vales, Elisa Schnorrenberger, aproveitou o encontro para expor informações sobre a implantação do Programa Jovem Aprendiz na cooperativa e os resultados positivos obtidos a partir da parceria fechada com a Univates na área de Assistente Administrativo. “Estamos muito satisfeitos. A Univates adequou a metodologia das aulas a nossa realidade e isso tem contribuído muito para o desempenho de nossos jovens. Vários foram efetivados”, enfatizou Elisa. Nesse contexto, a professora Edi reforçou que o trabalho já desenvolvido no Sicredi é a garantia de que é viável alinhar o programa às necessidades das empresas.

Outros associados presentes no encontro também fizeram contribuições e questionamentos a respeito do Programa.
Pesquisa com alunos

Bernardete Rissi revelou números de uma pesquisa realizada em 2021 pelo Núcleo de Desenvolvimento de Pessoas da ACI-E com seis escolas de Ensino Médio de Encantado, Roca Sales, Muçum e Relvado.

O estudo ouviu 658 alunos (42% do primeiro ano, 30% do segundo ano e 27% do terceiro ano) e serviu de gatilho para a implantação do Programa Jovem Aprendiz.
Os resultados apontam que 38% não pretendem continuar morando no município, 39,5% dos estudantes consideram o setor administrativo o ideal para trabalhar e apenas 2,8% dos estudantes consideram o setor de tecnologia o ideal para trabalhar. Além disso, somente 6,6% pensam em se formar na área de Informática. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui