Acil lança campanha de arrecadação de documentos e fotos antigas

Objetivo é coletar registros de décadas passadas que fizeram a história da entidade para possível aproveitamento na edição do livro do Centenário da Acil.


0
Reckziegel, Adriana e Juarez: campanha da Acil visa enriquecimento do AHM (Foto: Lucas Santos / Divulgação)

A Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) lança campanha de arrecadação de fotos e documentos antigos. O objetivo é coletar registros de décadas passadas que fizeram a história da Acil e do município, que retratam pessoas, lugares e eventos e podem ser compartilhados por aqueles que os tenham guardados em casa

As fotos e documentos, conforme o seu foco e pertinência, serão usados na edição do livro alusivo ao Centenário da Acil, que está sendo redigido pelo jornalista e historiador Charles Tonet. Após a catalogação pela Acil, todos os materiais recolhidos serão doados ao acervo do Arquivo Histórico Municipal (AHM). A campanha de arrecadação vai até o dia 20 de janeiro, explica o gerente da entidade, Antonio Juarez da Silva.

Preservação

A iniciativa conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Lajeado. O secretário Carlos Reckziegel elogia a campanha, reforçando sua importância tanto para completar a edição do livro da Acil quanto para o enriquecimento do AHM. “O resgate de tais documentos contribui para o fortalecimento de nossas raízes culturais, ficando também como importante fonte para a utilização de estudantes, pesquisadores e outros interessados em nossa história”, enfatiza o secretário.

A responsável pelo AHM, historiadora Adriana Jachetti, enaltece que doar fotos e documentos ao arquivo é garantir que eles sejam preservados, já que muitos, com o passar do tempo, perdem-se ou acabam sendo danificados. “Estando no Arquivo, eles ficarão protegidos e à disposição de todos”, acrescenta.

Temas

As pessoas que possuem em casa fotos antigas ou outro tipo de documento e queiram doar, ou somente emprestar para digitalização, podem ir até a sede da Acil, na Rua Silva Jardim, 96, Centro, e apresentá-los.

A Acil prioriza sua busca e foco em fotos e documentos até 1980. Por exemplo, as imagens buscadas de 1921 (data de inauguração da entidade) até 1971 compreendem os temas: Talão Milionário – 1965 – Comunidade e Imposto, 8ª Inspetoria Regional de Impostos sobre Vendas e Consignação 1966, 1ª Fenal – 1966, Central Automático de Telefones CRT, CIEE – 1969; e APEUAT – Faculdade de Letras no Colégio Castelo Branco, entre dezenas de outros assuntos.

Já a listagem de imagens de 1971 a 2000 busca os temas da Junta Técnica Empresarial do Conselho de Desenvolvimento da Comercialização, prédio 1 da Fates, 1ª Feira Agroindustrial de Lajeado, Centro de Gemologia do Senai e fotos da cidade, como dos edifícios Jachetti, Duque de Caxias e Scapini&Rabaioli.

A listagem completa de temas cujas fotos estão sendo buscadas para finalização do livro está no site da Acil.

Embora o foco da campanha seja a doação de fotos reveladas em papel, quem tiver guardadas fotos digitalizadas também pode fazer sua doação através do e-mail: acil@acilajeado.org.br.

Mais informações podem ser obtidas na Acil através do telefone (51) 3011-6900. AI/CS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui