Acordo de cessar-fogo entre Israel e Hamas entra em vigor

Cessar-fogo, mediado pelo Egito, passou a valer às 2h de sexta-feira (20h desta quinta em Brasília


0
Foto: Reuters/Mohammed Salem (21.05.2021)

Um cessar-fogo “mútuo e simultâneo”, mediado pelo Egito, passou a valer às 2h desta sexta-feira (20h de quinta-feira em Brasília) entre Israel e o Hamas.

A maior escalada de violência na região nos últimos anos teve início no dia 10 de maio, e deixou pelo menos 244 mortos em dez dias, sendo 232 em Gaza e 12 em Israel.

Cerca de 90 minutos antes da trégua entrar em vigor, os residentes da Faixa de Gaza ainda relatavam bombardeios, enquanto sirenes de alarme soavam para alertar os residentes do sul de Israel sobre o lançamento de foguetes.

O acordo vinha sendo negociado há dias, com pressão internacional principalmente sobre Israel, embora o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu continuasse afirmando que continuaria a ofensiva até devolver “calma e segurança” aos cidadãos israelenses.

Após várias conversas com Netanyahu, nesta quinta-feira o presidente dos EUA, Joe Biden, falou por telefone com o presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, segundo a Casa Branca. O Egito foi o interlocutor nas negociações por ter acesso ao Hamas.

O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, enviou duas delegações de segurança para os territórios israelense e palestino para trabalhar em busca da suspensão do conflito.

Joe Biden saudou o papel do Egito, afirmando haver uma “oportunidade genuína de avançar” na resolução do conflito. “Acredito que temos uma oportunidade genuína de seguir em frente e estou comprometido em trabalhar para isso”, declarou Biden na Casa Branca, dando seu “sincero reconhecimento” ao Egito por sua intermediação.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui