O Ministério Público da Venezuela anunciou nesta quarta-feira (17) a morte de um adolescente de 15 anos durante uma manifestação nesta terça no estado de Táchira, para onde o governo venezuelano disse que enviará mais de 2.000 policiais militares para “manter a ordem interna”.

Por meio de sua conta no Twitter, a procuradoria venezuelana afirmou que já iniciou as diligências “para investigar a morte de um adolescente de 15 anos durante um protesto em San Cristóbal”.

Segundo nota do MP, “aproximadamente às 4 pm o jovem de 15 anos fazia compras em um comércio localizado no bairro [Sabaneta], perto de onde se realizava uma manifestação, quando recebeu um disparo na altura do umbigo”.

O jovem foi levado ferido ao Hospital Central de San Cristóbal “Dr. José María Vargas”, onde morreu na manhã desta quarta, segundo o comunicado.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui