Adolescente que filmou últimos momentos de George Floyd será premiada por coragem

Inicialmente, nenhum policial havia sido responsabilizado pela morte de Floyd. Mas quando o vídeo gravado por Darnella Frazier se tornou público, manifestações do Black Lives Matter se espalharam pelos EUA e pelo mundo e as autoridades retomaram a investigação do caso, acusando formalmente quatro policiais pelo homicídio do pai de família.


0
Foto: Divulgação / Redes Sociais

A americana Darnella Frazier, de 17 anos, que filmou George Floyd sendo sufocado pela polícia, vai receber um prêmio pela coragem de ter registrado a cena. “Com nada além de um celular e muita coragem, Darnella mudou o curso da história deste país”, afirma Suzanne Nossel, presidente da Pen America, associação de defesa da liberdade de expressão e dos direitos humanos que vai homenagear a jovem. “[Seu vídeo] acendeu as chamas de um corajoso movimento que pede pelo fim do racismo sistêmico e da violência praticada pela polícia.”

A homenagem a Darnella será feita no início de dezembro em uma cerimônia virtual que vai substituir o tradicional baile de gala que a instituição oferece para entregar o prêmio “PEN/Benenson Courage Award” (prêmio de coragem da Pen/Benenson).

O assassinato de George Floyd pela polícia gerou enorme revolta nos EUA e impulsionou o movimento Black Lives Matter (Vidas negras importam, em inglês), que luta pelo fim do racismo e da violência policial contra negros no país.

Inicialmente, nenhum policial havia sido responsabilizado pela morte de Floyd. Mas quando o vídeo gravado por Darnella ? que mostrava o policial sufocando Floyd ? se tornou público, manifestações do Black Lives Matter se espalharam pelos EUA e pelo mundo e a polícia demitiu os oficiais envolvidos no caso. Hoje eles respondem criminalmente pela morte de Floyd.

O assassinato de George Floyd pela polícia gerou enorme revolta nos EUA e impulsionou o movimento Black Lives Matter (Vidas negras importam, em inglês), que luta pelo fim do racismo e da violência policial contra negros no país.

Inicialmente, nenhum policial havia sido responsabilizado pela morte de Floyd. Mas quando o vídeo gravado por Darnella ? que mostrava o policial sufocando Floyd ? se tornou público, manifestações do Black Lives Matter se espalharam pelos EUA e pelo mundo e a polícia demitiu os oficiais envolvidos no caso. Hoje eles respondem criminalmente pela morte de Floyd.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui