Adolescente suspeito de matar e torturar cachorro em transmissão pela internet no RS é internado

Ele vai responder pelo ato infracional de maus-tratos, infração qualificada por tortura


0

O adolescente de 17 anos suspeito de torturar e matar um cachorro durante uma transmissão ao vivo pela internet se apresentou à Polícia Civil na tarde de terça-feira (28), em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ele foi internado no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) da cidade após determinação do Ministério Público.

Segundo a delegada que investiga o caso, Raquel Teixeira, ele estava acompanhado do advogado e confessou ser a pessoa que aparece na transmissão. Ele vai responder pelo ato infracional de maus-tratos, infração qualificada por tortura.

Desde o ano passado, a punição por maus-tratos aos animais foi aumentada de dois a cinco anos de reclusão. No entanto, por se tratar de menor de idade, a punição, nesse caso, é com medidas socioeducativas. O tempo de internação pode chegar até três anos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui