Agentes culturais participam de capacitação para qualificar elaboração de projetos em Lajeado

Formação ocorre nesta quarta-feira (27) e visa preparação para captar recursos via leis de fomento e editais na área da cultura


0
Ana Cecília e Ana Lúcia (Foto: Tiago Silva)

A Prefeitura de Lajeado e o Conselho Municipal de Cultura realizam nesta quarta-feira (27), das 19h às 21h, uma capacitação para elaboração de projetos culturais no salão de eventos da prefeitura. A capacitação tem o objetivo de preparar os agentes culturais para elaborarem projetos e participarem de editais para captação de recursos. Os ministrantes serão Ana Lúcia da Silva, da produtora Affecto, e Anderson Balhero, da produtora Destemperados.

A capacitação tem como público-alvo moradores de Lajeado que realizam atividades em áreas da cultura como música, teatro, dança, literatura, artes plásticas, audiovisual, entre outros.  Ao Redação no Ar desta terça-feira (26), a palestrante Ana Lúcia e a presidente do conselho de cultura de Lajeado, Ana Cecília, detalharam a proposta da capacitação.

Segundo a produtora cultural da Affecto, a intenção é fazer com que as pessoas entendam como colocar no papel as suas ideias dentro de um formato apresentado nos editais. Ela explica que são duas as principais formas de captação de recursos para projetos culturais: via leis de fomento à cultura e também por meio de editais. “Nós queremos mostrar como colocar no papel — o que, onde, para quem é e quanto custa; apresentar de forma que quem vai ler o projeto ache em condições de ser contemplado”, ressalta.

Segundo ela, procedimentos básicos devem ser cumpridos, como estar cadastrado nos conselhos municiais ou estadual de cultura, saber o que quer fazer, ler o edital com atenção, e observar os documentos necessários. Segundo Ana Lúcia, muitos projetos são desclassificados pela falta de informações básicas.

Ana Lúcia, da Affecto, será ministrante nesta quarta-feira (Foto: Tiago Silva)

A presidente do Conselho Municipal de Cultura de Lajeado reconhece que muitos artistas têm dificuldades de elaborar projetos culturais em sua parte burocrática. Por isso que a prefeitura e o conselho idealizaram essa capacitação. A primeira, a ser realizada nesta quarta-feira, está com todas as suas vagas para participação esgotadas. Na próxima quarta-feira (3), deve ocorrer a segunda fase, que está com inscrições ainda abertas pelo link (clique aqui). Informações podem ser consultadas pelo telefone (51) 3982-1081.

Ana Cecília explica que o conselho de Lajeado existe desde os anos 1980. Ela conta que o órgão foi reestruturado em 2020. Antes era das entidades, e então foram criados nove setoriais e o poder público também participa das discussões e ações, tornando-se um conselho paritário.

Para Ana Lúcia, “a Lei Aldir Blanc foi um marco para o setor cultural”. De acordo com ela, “foi a primeira vez que veio recursos direto para o município decidir o que queria fazer”. Agora com a renovação dessa lei, serão cinco anos recebendo verbas diretamente para os fundos municipais. “Agora estamos trabalhando muito fortemente com cada setorial para que se identifique no município quem faz o que na área da cultura”, afirma.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui