Agressor de violência doméstica terá que pagar multa de R$ 10 mil na cidade de São Paulo

Cobrança acontecerá se a agressão resultar no acionamento de serviços de emergência.


1
Foto: Gabriela Biló / Estadão

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas sancionou a lei que obriga agressores de vítimas de violência doméstica e familiar a pagarem uma multa administrativa no valor de R$ 10 mil, se a agressão resultar no acionamento de serviços públicos de emergência.
A lei abrange todos os agressores de lesão, violência física, sexual ou psicológica, dano moral ou patrimonial causado à mulher.

A multa é relacionada aos custos relativos aos serviços públicos prestados em atendimento às vítimas. Os valores recolhidos serão destinados ao custeio de políticas públicas voltadas à redução da violência doméstica e familiar.

Nos casos em que agressão resultar em ofensa grave à integridade ou à saúde física ou mental da vítima, o valor da multa será aumentado em 50%. Já nos casos em que a violência desencadear um aborto ou a morte da vítima, o valor da multa
subirá em 100%.

Fonte: R7

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui