Agricultor gastaria R$ 700 milhões a mais em insumos agropecuários

Reforma tributária do Estado também geraria aumento de preços dos produtos devido a elevação de alíquotas.


0
Foto: Reprodução / Arquivo

O Governador do Estado, Eduardo Leite, entregou à Assembleia Legislativa a proposta de Reforma Tributária no Rio Grande do Sul. A matéria prevê a elevação da alíquota de ICMS para o frete e a implantação de imposto para produtos da cesta básica e hortigranjeiros.


OUÇA A ENTREVISTA


O deputado estadual do MDB, Edson Brum, concedeu entrevista ao Programa Encontro Maior da Rádio do Vale e afirmou que é contrário ao projeto. Ele explicou que o índice proposto pelo Governo do Estado é de 12% para produtos como o leite. Isso reduziria a competitividade das cooperativas, que não poderiam manter preços tão atrativos.

Os agricultores seriam bastante afetados, em função do aumento de 10% no imposto dos insumos agropecuários. Como seria repassado ao preço final, representaria um gasto adicional de R$ 700 milhões para os produtores somente em 2021.

Edson Brum pediu que prefeitos e vereadores se mobilizem e cobrem dos deputados que apoiaram nas últimas eleições a rejeição do projeto da Reforma Tributária do Estado. GL

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui