Airbnb cancela todas as reservas de hospedagem em Washington DC durante a posse de Biden

Serviço alega que a decisão acompanha pedido das autoridades depois do anúncio de que grupos extremistas e milícias armadas estariam tentando se deslocar para a capital para protestar durante a posse.


0
Logotipo da plataforma Airbnb (Foto: Divulgação/Airbnb)

O Airbnb disse nesta quarta-feira (13) que cancelou todas as reservas de casas e apartamentos em Washington DC para evitar a hospedagem de pessoas ligadas a grupos extremistas, que podem estar planejando algum ataque durante a posse de Joe Biden, em 20 de janeiro.

O Airbnb disse que a decisão acompanha um pedido de oficiais federais e distritais para que ninguém viaje para a capital americana, por questões de segurança. Há uma semana, um grupo de apoiadores do presidente Trump invadiu o Capitólio dos Estados Unidos, sede do Congresso.

“Estamos cientes de relatos que surgiram ontem (terça-feira) à tarde sobre milícias armadas e grupos de ódio que estão tentando viajar para interromper a posse”, disse a empresa em um comunicado.

Segundo a plataforma, os proprietários e clientes que já haviam reservado sua hospedagem na cidade serão reembolsados e nenhuma nova reserva poderá ser feita até depois da cerimônia de posse. Donos de estabelecimentos também receberão pelo tempo em que ficarem proibidos de alugar.

Medidas de segurança

O Airbnb disse que trabalha com informações da imprensa e das autoridades policiais para identificar possíveis usuários do serviço de hospedagem que tenham vínculos com grupos de ódio ou que tenham participado da invasão do Capitólio e que todos eles serão banidos da plataforma.

A prefeita de Washington, Muriel Bowser, já solicitou a disponibilização de fundos do governo federal para a prevenção de desastres, valores que serão destinados para segurança deslocada para a cerimônia de posse.

E até mesmo a companhia aérea American Airlines anunciou que nos dias que antecedem a cerimônia de posse, a distribuição de bebida alcoólica foi cortada em todos os voos que têm como destino a cidade de Washington.

Nesta quarta, com segurança reforçada, o Congresso americano vota um pedido de impeachment do presidente sob a acusação de incitar uma insurreição. Na semana passada, Trump discursou para apoiadores pouco antes da invasão do Capitólio.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui