Alerta de ventos fortes e queda da temperatura marcam a quarta-feira dos gaúchos

O restante da semana terá atuação de ar polar com baixa sensação térmica e geada pelo RS.


0
Imagem Ilustrativa (Foto: pixabay)

A formação de um ciclone extratropical e a passagem de tempestades provocaram estragos no estado vizinho de Santa Catarina nesta terça-feira. No Rio Grande do Sul, o fenômeno chegou hoje, trazendo ventos muito fortes no primeiro dia de julho. As rajadas mais fortes podem chegar a 120 km/h no Litoral Norte e Aparados da Serra.

De acordo com a MetSul Meteorologia, trata-se de um “ciclone-bomba” em conjunto com uma frente fria, que mantém a chuva. Em todas as áreas, são esperados ventos de 40 a 70 km/h. Por conta da chuva em excesso, com o solo instável, há risco de quedas de árvores. A Defesa Civil RS mantém o alerta para a possibilidade de temporais.

Nesta quarta-feira haverá ingresso de um ar polar que derruba as temperaturas. Em Lajeado, a mínima será sentida logo mais a noite, quando chegará aos 9ºC.

Alerta-se também para agitação marítima no Litoral gaúcho, com elevação da maré e ressaca que pode ser forte. As atividades do Porto de Rio Grande estão suspensas devido ao vento forte.

Ingresso de ar polar com acentuada queda da temperatura e sensação térmica baixa deve marcar o restante da semana. Muito pequena possibilidade de neve nos Campos de Cima no Planalto Sul Catarinense.

Amanhã, quinta-feira (02), a nebulosidade será variável com aberturas de sol e períodos de nublado a encoberto, o dia começa com 7ºC em Lajeado. Para a sexta-feira (03). pouca coisa muda no cenário do clima, a diferença fica por conta da temperatura mínima que será ainda mais baixa, com 5ºC na madrugada.

Fonte: MetSul/Defesa Civil RS/NIH Univates

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui