“Alessandra revolucionou a OAB de Lajeado”, afirma futuro presidente da subseção de Lajeado da Ordem

Após seis anos com a advogada Alessandra Glufke à frente, a subseção de Lajeado terá Ronaldo José Eckhardt como presidente a partir de janeiro


0
Alessandra e Ronaldo, atual e futuro da OAB em Lajeado (Foto: Tiago Silva)

Ronaldo José Eckhardt foi eleito o novo presidente da subseção de Lajeado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A eleição ocorreu nesta segunda-feira (22), de forma online e presencial. Eckhardt era vice-presidente e assume a direção no lugar a advogada Alessandra Glufke, que passa a integrar a OAB-RS como secretária-geral adjunta de caixa de assistência dos advogados. A posse do novo presidente ocorre em 1º de janeiro de 2022.

Eckhardt ressalta que tem como objetivo dar maior visibilidade à OAB perante a sociedade para discutir e propor soluções para a comunidade. Ele lembra que a subseção de Lajeado já faz parte do Fórum das Entidades do município.

O novo presidente também deseja fazer um trabalho junto aos advogados para auxiliar o Poder Judiciário na digitalização dos processos. Ele lembra que a demanda é grande, e a participação dos defensores em auxílio aos servidores públicos tornará a sistematização mais ágil. Eckhardt conta que a Vara de Família do Fórum da Comarca de Lajeado deve terminar a digitalização em janeiro para, então, começar nas demais varas.

Outro ponto que o advogado tem em sua agenda, em parceria com a OAB/RS, é “retomar a dignidade da profissão”: reorganizar a classe e ajudar os colegas que estão em condição precária em função da pandemia, explica.

LEIA MAIS: Ronaldo Eckhardt é o novo presidente da OAB de Lajeado; confira os demais eleitos da região

“Revolucionou a OAB de Lajeado”

A subseção de Lajeado da OAB engloba as Comarcas de Lajeado e Arroio do Meio, e tem aproximadamente mil advogados credenciados. Nos últimos seis anos, a entidade foi presidida pela advogada Alessandra Glufke.

Na leitura do futuro presidente, Alessandra “revolucionou a OAB de Lajeado”. Por isso a chapa única de Eckhardt, que representa a continuidade, teve votação expressiva: 524 votos favoráveis (86,18%), do total de 608 votantes. Para ele, com Alessandra na OAB/RS em Porto Alegre demonstra que Lajeado é visto no Estado como “um polo com pessoas aptas a desenvolver um excelente trabalho”.

“A gente não conquista nada sozinho. Se não fosse o trabalho de todos os colegas envolvidos, a gente não teria conseguido”, afirma Alessandra, sobre seu período na subseção de Lajeado, que encerra em 31 de dezembro.

O papel da OAB

Alessandra explica que a Ordem dos Advogados do Brasil é um conselho de classe, e que só é considerado advogado os bacharéis em Direito que passaram na prova e estão devidamente credenciados na OAB.

A ainda presidente da subseção de Lajeado da Ordem destaca que a entidade representa a classe e a sociedade em diversos conselhos e comissões. Cita atuações na área previdenciária, em discussões sobre mudanças legislativas, na defesa de direitos. Recentemente, a entidade se empenhou na pauta da volta do atendimento presencial no Poder Judiciário, afetado em função da pandemia de coronavírus.

“Atrás do advogado, sempre tem uma pessoa. É o direito de alguém que está se buscando”, Alessandra afirma.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui