Alta dos combustíveis impulsiona produção e venda de motocicletas

Aquecimento do mercado de duas rodas ocorre com disparada superior a 30% da gasolina e do etanol nos últimos 12 meses


0
Foto: Agência Brasil / Divulgação

A alta desenfreada da gasolina nos últimos meses foi decisiva para muitos motoristas trocarem o carro pela motocicleta. A movimentação impulsionou a produção e a venda dos veículos de duas rodas, além da emissão de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) de categoria A, destinada a motociclistas.

De acordo com dados da Abraciclo e da Fenabrave, que acompanham o desempenho do setor, 327.139 motocicletas foram produzidas e 274.766 emplacadas somente nos três primeiros meses deste ano.

Os números são, respectivamente, 15,7% e 33,7% maiores do que os registrados no primeiro trimestre do ano passado. Os dados positivos do setor são justificados pela disparada no preço dos combustíveis e a busca por um modal que permite deslocamentos mais baratos.

Somente nos últimos 12 meses, o preço médio cobrado pelo litro da gasolina nos postos saltou 33%, de R$ 5,426 para 7,219. Ao mesmo tempo, o valor do etanol subiu 39,5%, de R$ 3,758 para R$ 5,241, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui